A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/08/2009 18:16

Bertin garante que não adota prática de constrangimento

Redação

Em nota oficial encaminhada há pouco ao Campo Grande News, a direção do Frigorífico Bertin, em momento algum, diz que não realiza revista íntima nos funcionários. Já a assessoria de imprensa da empresa em Campo Grande é categórica em afirmar que esse tipo de procedimento não é feito.

A direção do frigorífico alega que a empresa possui 38 plantas industriais no Brasil e exterior, contando com mais de 28 mil colaboradores. Só na Capital são 2,3 mil trabalhadores.

Conforme a direção do Bertin, todas as condutas são padrões nas unidades e não existe qualquer prática que resulte em constrangimento para o colaborador.

Um funcionário do frigorífico Bertin denunciou nesta manhã à Superintendência do Trabalho o constrangimento de enfrentar diariamente revistas íntimas, junto dos demais colegas, a cada mudança de turno na empresa. Eles só podem colocar o uniforme, de acordo com o funcionário, depois de passarem pelo guarda que acompanha o procedimento, garante.

Segundo a Superintendência Regional do Trabalho, o caso é de constrangimento ilegal. A empresa deve ser notificada e fica sujeita a indenização por danos morais.

No entanto, até o momento o frigorífico não foi notificado. Embora ainda não tendo sido notificada, a empresa afirma que está sempre à disposição do Ministério Público do Trabalho Emprego, ou qualquer outro órgão, para esclarecimentos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions