A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Janeiro de 2020

29/06/2009 14:25

Câmara vota amanhã redução da jornada de trabalho

Redação

A Câmara dos Deputados deve votar amanhã (30) o Projeto de Lei que reduz a jornada de trabalho, sem redução de salários, de 44 para 40 horas semanais. Lideranças sindicais de Mato Grosso do Sul acompanham de perto a votação.

A intenção das entidades é que os parlamentares aprovem a PEC 231/95, que tramita há 14 anos no Congresso Nacional. A reunião de amanhã será realizada às 14h, no auditório Nereu Ramos, em Brasília (DF).

O coordenador geral do FST/MS (Fórum Sindical dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul), José Lucas da Silva, lembra que a última redução de jornada de trabalho ocorreu na Constituição de 88, quando passou de 48 para 44 horas.

Depois disso, apesar da pressão das centrais sindicais que, no ano passado, coletaram 2 milhões de assinaturas em todo o Pais, não foi aprovada nenhuma outra redução.

Se aprovado, o projeto de redução de jornada irá possibilitar duas horas livres e remuneradas para o trabalhador se dedicar aos estudos e ao lazer, toda semana.

As entidades que defendem a redução prevêem também a criação de cerca de dois milhões de novos empregos.

Elas alegam ainda que a medida é uma forma de minimizar os efeitos da crise mundial, por meio da criação dos novos postos de trabalho.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 40 milhões no sorteio deste sábado
O concurso 2.228 da Mega-Sena deverá pagar neste sábado (25) R$ 40 milhões a quem acertar os seis números. O sorteio será feito a partir das 19h (hor...
Detran recebe até próxima quinta-feira lance em leilão de veículos
Com o período de visitações encerrado nesta sexta-feira (24), o primeiro leilão de veículos do ano realizado pelo Detran (Departamento Estadual de Tr...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions