A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/04/2013 13:34

Campanha Nacional de Vacinação é prorrogada até 10 de maio

Helton Verão
Em Campo Grande, a expectativa é vacinar 131 mil pessoas. (Foto: Arquivo / Marcos Ermínio)Em Campo Grande, a expectativa é vacinar 131 mil pessoas. (Foto: Arquivo / Marcos Ermínio)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe foi prorrogada em todo o Brasil até o próximo dia 10 de maio. Em Campo Grande, a expectativa é vacinar 131 mil pessoas, segundo a coordenadora municipal de vigilância epidemiológica, Erci Hirorta. Este número representa 80% do público alvo, que inclui idosos, crianças de seis meses a dois anos, gestantes, profissionais da saúde e indígenas.

A novidade neste ano é que também deverão ser imunizadas as mulheres que tiveram bebê nos últimos 45 dias, além dos doentes crônicos, que terão acesso livre aos postos de saúde e os presidiários. Até o ano passado, este público recebia a vacina nos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (Cries), caso sobrasse estoque de vacina.

A meta da campanha, que começou dia 15 de abril, é vacinar 80% do público-alvo. Nos municípios e Estados que não atingiram a cobertura adequada, as ações serão intensificadas para que as pessoas sejam imunizadas, inclusive com abertura dos postos de vacinação aos sábados.

A região Centro-Oeste conseguiu vacinar 876.967 pessoas, ou 40,01% do público-alvo. A região Sul conseguiu a maior adesão da população. Excluindo as doses aplicadas em doentes crônicos e pessoas privadas de liberdade, foram vacinadas quase 3 milhões de pessoas, representando 60,46% de cobertura da região Sul.

O Ministério da Saúde ainda recomenda a adoção de medidas de higiene pessoal para evitar a contaminação por influenza. É importante higienizar as mãos com água e sabão, com frequência, principalmente depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro; antes de comer; antes de tocar os olhos, boca e nariz.

Também é recomendável que as pessoas evitem tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável e proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar. O Ministério da Saúde explica que é aconselhável ao doente não sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas), para diminuir a chance de disseminação e evitar aglomerações e ambientes fechados.

Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions