A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

01/10/2017 09:19

Campanha terá caráter informativo e dará atenção ao interior do Estado

Leonardo Rocha
Luciana Azambuja disse que campanha será em parceria entre coordenadoria e Secretaria de Saúde (Foto: Sedhast - Divulgação)Luciana Azambuja disse que campanha será em parceria entre coordenadoria e Secretaria de Saúde (Foto: Sedhast - Divulgação)

A subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja, revelou que a campanha deste ano do "Outubro Rosa", que pretende prevenir o câncer de mama, será informativa, com atividades na Capital e foco no interior do Estado, em uma ação conjunta entre a pasta e a Secretaria Estadual de Saúde.

Luciana ponderou que amanhã (02) haverá uma reunião entre as duas pastas, para acertar os detalhes e definir quando será lançada a campanha em Mato Grosso do Sul, que tenta buscar a conscientização para o tratamento e diagnóstico precoce sobre a doença, dando ampla informação as mulheres para fazer os devidos exames.

Este trabalho feito pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) e Subsecretaria da Mulher, tem a intenção de levar as informações de como se fazer os exames na rede pública, assim como iniciar o tratamento adequado. O foco continua sendo de que quando mais rápido a doença é diagnosticada, mais chances e melhores condições aos pacientes.

Outro tema que sempre entra na campanha, são informações sobre os fatores de risco da doença, entre elas a importância de alimentação saudável. De acordo com o SES, o câncer de mama ainda é a doença com maior ocorrência nas mulheres em Mato Grosso do Sul.

"Este ano teremos uma campanha informativa, interiorizada, com um trabalho conjunto com a Coordenadoria das Mulheres e Secretaria de Saúde", disse ao Campo Grande News, a subsecretária Luciana Azambuja.

A campanha "Outubro Rosa" se refere ao laço rosa que simboliza mundialmente, a luta contra o câncer de mama. A mobilização começou nos Estados Unidos no começo da década de 90, com algumas ações isoladas, depois se tornou lei oficial. Atualmente ocorre na maioria dos estados e capitais do Brasil.

Mega-Sena pode pagar até R$ 3 milhões no sorteio desta quarta-feira
O sorteio desta quarta-feira (24) da Mega-Sena pode premiar um ou mais acertadores com até R$ 3 milhões. O valor equivale a nova rodada de apostos, d...
Governo compra cinco caminhões de combate a incêndio por R$ 21,7 milhões
O governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), divulgou nesta terça-feira (dia 24) a comp...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions