A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/01/2012 17:09

Com 43 milimetros de chuva, Capital tem alagamento e árvores derrubadas

Fernando da Mata e Ana Paula Carvalho

Na região da Base Aérea, por exemplo, o índice de precipitação chegou a 15 milímetros entre 14h25 e 15h35

Rua alagada na Vila Ieda(Foto: Simão Nogueira)Rua alagada na Vila Ieda(Foto: Simão Nogueira)

Campo Grande registrou média de 43,2 milímetros de chuva na tarde desta terça-feira (10), segundo a estação meteorológica Anhanguera/Uniderp. Os ventos na cidade chegaram a 58 km/h na cidade e provocaram estragos, como por exemplo a queda de árvores.

Na região da Base Aérea, por exemplo, o índice de precipitação chegou a 15 milímetros entre 14h25 e 15h35, de acordo com a estação meteorológica da Base.

Isso foi o suficiente para alagar vários pontos da cidade e derrubar árvores. De acordo com a Defesa Civil municipal, foram registrados pelo menos dois pontos de alagamento e três quedas de árvores.

Um morador da região do bairro Carandá Bosque informou ao Campo Grande News que duas casas foram alagadas depois da chuva na rua Projetada, esquina com São Luiz de Cáceres.

No Jardim TV Morena, na rua Santana, uma árvore foi arrancada com a raiz durante a chuva.

Outra árvore caiu em cima de um carro na rua Trindade, Vila Ieda. O dono da picape, Paulo da Gama, de 51 anos, afirmou ao Campo Grande News que tem uma loja há três anos na região e, desde que tem o estabelecimento, a árvore estava podre.

Mesmo avisando a fiscalização e a prefeitura, Gama garantiu que ninguém apareceu para tirar a árvore.

O carro ficou amassado e teve pneus estourados após ser atingido. “Está tudo bem, acabou com meu carro, mas graças a Deus eu não estava dentro”.

No bairro Universitário, uma árvore caiu em cima de uma casa e destruiu parte da fiação da rua Doutor Francisco Ferreira de Souza.

Árvore caída na rua Santana (Foto: Simão Nogueira)Árvore caída na rua Santana (Foto: Simão Nogueira)
Árvore caiu em cima de carro na Vila Ieda (Foto: Simão Nogueira)Árvore caiu em cima de carro na Vila Ieda (Foto: Simão Nogueira)


Tenho um imóvel na esquina das ruas Spipe Calarge com Dracma onde existem 3 árvores da espécie sibipirunas que estão oferecendo riscos ao imóvel e já solicitei a poda ou remoção a PMCG, o primeiro pedido data do ano de 2004 e até o presente momento nada foi feito. Fui até orientado pelo MPE a entrar na justiça contra a PMCG, só que os "caras de pau" me informaram que tenho de constituir advogado.
 
Marco Stuani da cidade de Campo Grande em 11/01/2012 09:46:39
realmente na rua fernandes da fonseca há uma árvore caida eu mesmo tive que desviar.
 
aparecido barros em 10/01/2012 11:45:17
Aqui no Cabreúva a única preocupação continua sendo o córrego Segredo que a prefeitura insiste em fazer vista grossa para o desmoronamento, assim como no Marcos Roberto, Nha nhá próximo ao Guanandizão, tem eleição esse ano e eu quero ver algum candidato do prefeito pedir voto pra mim!!!
 
Oswldo Benites em 10/01/2012 09:37:34
Caiu uma árvore no Jardim dos Estados, na Rua Edith Coelho Neto, nas mesmas condições da referida na matéria, por sorte não atingiu ninguém, mas a Rua está interditada. A prefeitura disse que não tem dia, nem hora para comecar a retirada da árvore.
 
Grezziela Saldanha Sabino em 10/01/2012 09:32:17
Senhor Paulo Gama,tambem conheço o problema déssa arvore, a mesma já se encontrava podre a muito tempo, mas o poder Público não acreditava que ia cair tudo.
 
Amilton Almeida em 10/01/2012 06:28:22
na rua fernandes da fonseca no jardim tropical uma arvore caiu no meio da rua.....
 
stella medeiros em 10/01/2012 05:26:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions