A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019

04/11/2018 12:58

Candidatos são barrados por falta de documentos e causam tumulto

Familiares tentaram ajudar levando os documentos para entregar no portão, mas os candidatos foram informados da desclassificação pelos fiscais

Gabriel Neris e Anahi Gurgel
Candidato corre para chegar a tempo de fazer a prova do Enem (Foto: Marina Pacheco)Candidato corre para chegar a tempo de fazer a prova do Enem (Foto: Marina Pacheco)

O fechamento do portão da Uniderp para a aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) não houve registro de candidatos atrasados. Porém, alguns estudantes foram desclassificados antes mesmo da prova ser aplicada. A falta de documentos foi o principal motivo para alguns deles deixarem o prédio da universidade no início da tarde deste domingo (4).

Houve princípio de tumulto no portão, porque familiares tentaram ajudar levando os documentos para entregar no portão, mas os candidatos foram informados da desclassificação pelos fiscais de prova. Os estudantes relataram que dezenas deles foram desclassificados pelo mesmo motivo.

Uma candidata contou que faltava pelo menos um minuto para o fechamento do portão quando percebeu que esqueceu a identidade. Ela ainda tentou esperar alguém da família, mas não houve tempo hábil.

Jeniffer Lima Medeiros, de 20 anos, disse que não levou o documento de identidade porque na hora da inscrição já era necessário passar toda documentação. “Ainda tinha esperança de conseguir com um parente”, disse.

Jeniffer, com celular na mão, perdeu prova por falta de documentação no momento da prova (Foto: Marina Pacheco)Jeniffer, com celular na mão, perdeu prova por falta de documentação no momento da prova (Foto: Marina Pacheco)

Camila Gomes Clara, de 17 anos, também não levou documento, mas quando ficou sabendo que tinha, não deu tempo para um familiar ajuda-la. Depois de deixar a sala de aula para buscar o documento, foi informado que estava desclassificada.

Cristina Inácia Mendes, de 32 anos, é mãe de Elias Mendes, de 16 anos. Ela contou que o filho levava uma cópia do documento e que ele não sabia da necessidade do original. Quando faltavam 15 minutos, o filho ligou avisando a mãe e o marido foi para a Uniderp, mas não deu tempo. O menino deixou a universidade abalado.

A mãe cobrou da organização do Enem mais informações sobre a necessidade do que se deve levar para os dias de prova. “Ele vai tentar a fazer a prova no próximo domingo, já que é como treino, fica a lição”, comentou Cristina.

O momento de fechamento do portão também teve momento de descontração. Um youtuber, caracterizado de árabe, simulou estar atrasado e tentou pular o portão da universidade, chamando a atenção de quem estava no local e levando as pessoas a gargalhada. Ele contou que foi desafiado por seguidores para fazer a brincadeira.

Um outro homem provocou tumulto na frente do portão da Uniderp. Ele dizia que era candidato e tentava entrar no prédio. Com a negativa, ele chegou a gritar com os seguranças. Foi necessária a presença da Polícia Militar para acalmá-lo.

O Enem está sendo aplicado em Mato Grosso do Sul para 72.393 estudantes em 180 locais distribuídos por 41 municípios. Na prova deste domingo serão aplicados redação, linguagens e ciências humanas.

Assista abaixo o momento de fechamento do portão na Uniderp e a brincadeira do youtuber



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions