A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 13 de Novembro de 2018

04/11/2018 11:02

Ambulantes investem de caneta a espeto, mas vendas frustram no Enem

Viviane Oliveira, Danielle Valentim e Anahi Gurgel
Doralino Moraes montou ponto com canetas e bebidas em frente da UniderpDoralino Moraes montou ponto com canetas e bebidas em frente da Uniderp
Comerciante aposta nas vendas de chicletes, canetas e até cigarros (Foto: Danielle Valentim) Comerciante aposta nas vendas de chicletes, canetas e até cigarros (Foto: Danielle Valentim)

Como já é tradição, vendedores ambulantes aproveitaram o primeiro dia de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e foram para a frente dos locais de provas para faturar com a venda de refrigerantes, canetas, espetinhos, biscoitos, chicletes e até cigarros do Paraguai.

No entorno da Uniderp, na Avenida Ceará, Felipe Beda, de 26 anos, arrumou um freezer para vender sorvetes, água, refrigerante e suco hoje em frente à Uniderp, na Avenida Ceará. Mas ficou um pouco decepcionado com movimento. “Tá fraco, mas vou ficar o dia todo aqui”, comenta.

Estudante de Direito na UCDB, Vinícius Almeida resolveu fazer bico na manhã deste domingo, com água por R$ 3 reais. “Resolvi andar para vender e está dando certo”, comenta.

Mais animada, o dia é de lucrar em dobro para Marisa Luiz Alves, 58 anos. Ela vai passar o dia trabalhando no estacionamento, que normalmente é usado pelos alunos da universidade. Neste dia de Enem, o valor subiu 100% e de R$ 5,00 para carros e R$ 2,50 para motos, o preço passou para R$ 10,00 e R$ 5,00.

Figura conhecida em edições do Enem, Rosana de Oliveira voltou para vender salgado e refrigerantes a R$ 3,00. Sobre o movimento mais fraco que em outros anos, ela acha que ainda é cedo para avaliar. “Acho que muito aluno vai se embananar por conta do horário de verão”. 

UCDB - O comerciante Darci Nogueira, 45 anos, levou os cigarros paraguaios para vender na frente da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco). Apesar da origem duvidosa do produto. Ele conta que no concurso da Polícia Civil lucrou R$ 500,00 só com as vendas, principalmente de canetas.

Dono de um ponto fixo de espetinho no Santa Carmélia, Sidney Leonel, montou barraca para vender churrasco e biscoitos em frente à UCDB. Ele chegou às 8h e pretende lucrar até R$ 300. "Eu ganho a vida com isso. Tenho meu ponto fixo, mas aproveito esses eventos para ganhar dinheiro extra".

 

Universitário aproveitou para vender canetas em frente a Uniderp.Universitário aproveitou para vender canetas em frente a Uniderp.
Caixa suspende Minha Casa Minha Vida para faixa intermediária
A Caixa anunciou nesta terça-feira (13) que suspendeu, por falta de recursos, a contratação de novas unidades habitacionais do programa Minha Casa Mi...
Dólar tem maior alta diária em 2 meses, cotado a R$ 3,83
O dólar fechou a terça-feira (13) em alta de 1,99%, vendida a R$ 3,831. Esta foi a maior alta percentual diária desde 21 de agosto, quando a moeda va...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions