A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

06/12/2016 09:34

Continua no CTI idosa que sofreu queimaduras em incêndio com morte

Viviane Oliveira
Casa incendiada ficou com a estrutura comprometida
(Foto: Marcus Moura) Casa incendiada ficou com a estrutura comprometida (Foto: Marcus Moura)

Continua internada no CTI (Centro de Terapia Intensiva), Eva Rosalina Sandim, 63 anos, que teve 27% do corpo queimado durante incêndio ocorrido em casa, na semana passada, na Rua Padre João Crippa, no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

Os ferimentos foram mais no rosto e braços da vítima, conforme a assessoria de imprensa da Santa Casa. A irmã dela, Margarida Rosalina Sandim, 62 anos, não conseguiu se salvar e morreu carbonizada.

Incêndio - Margarida e Eva dormiam na casa dos fundos, quando o imóvel começou a pegar fogo, na madrugada de sexta-feira (2). Um dos filhos da idosa, Wagner Sandim, 26 anos, que mora na residência da frente, no mesmo terreno, percebeu o fogo e arrombou a porta, mas conseguiu salvar apenas a tia que tentava sair do imóvel.

A mãe dele, Margarida, dormia no quarto e não conseguiu se salvar. A família, que morava há mais de 50 anos no local. A casa ficou com a estrutura comprometida. As primeira informações era de que o fogo havia começado na fiação elétrica, porém só a perícia deve apontar a causa. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions