A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/03/2016 12:00

“Contra o golpe”: protesto 'em favor da democracia' é previsto para sexta

Viviane Oliveira
Ato em favor da democracia está marcado para amanhã, às 16h. (Foto: divulgação)Ato em favor da democracia está marcado para amanhã, às 16h. (Foto: divulgação)

Se manifestações contra o governo de Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula e o PT, partido de ambos, estão marcadas para a tarde desta quinta-feira (17), movimentação de outro lado deve ocorrer na sexta-feira (18), a partir das 18h. Neste caso, a organização chama o protesto de ato "em favor da democracia" e "contra o golpe", não necessariamente em defesa da gestão petista.

A manifestação de sexta, portanto ato em defesa da democracia, dos direitos sociais e trabalhista e contra o golpe, deve ocorrer em todo o Brasil. Em Campo Grande, o encontro será na Avenida Eduardo Elias Zahran, em frente a TV Morena, afiliada da rede Globo.

Conforme Francisco Genivaldo, da coordenação da Frente Brasil Popular MS, o encontro entre movimentos do campo e da cidade, lideranças políticas, intelectuais e artísticas será para defender a legalidade e a soberania do voto.

“Nós somos a favor da investigação da Polícia Federal. O ato não significa defender a presidente Dilma Rousseff (PT), mas sim o voto popular, pois houve uma eleição”, conta.

Francisco explica que a concentração será em frente a TV morena, porque os movimentos entendem que a globo incita o golpe à Constituição Federal e não faz uma cobertura isenta. “Não vamos incitar a violência, será um ato pacifico”, diz. Ele diz que os participantes vão carregar cartazes e faixas com dizeres a favor da democracia e contra o golpe.

Em São Paulo, conforme o site da CUT (Centra Única dos Trabalhadores), participam do ato o ex-presidente Lula e o prefeito Fernando Haddad. O ato começa e termina na Avenida Paulista.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions