A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/08/2015 12:49

MS-040 pode ser nova alternativa de rota para o tráfico de drogas

Luana Rodrigues
Rodovia liga Santa Rita do Pardo e Campo Grande. (Foto: Marcelo Calazans)Rodovia liga Santa Rita do Pardo e Campo Grande. (Foto: Marcelo Calazans)
A caminhonete foi encontrada às margens da MS-040 (Foto: Marcos Ermínio)A caminhonete foi encontrada às margens da MS-040 (Foto: Marcos Ermínio)

Inaugurada há cerca de sete meses, depois de ser pavimentada, a rodovia MS-040, que liga Campo Grande a Santa Rita do Pardo, pode ter se tornado nova rota para o tráfico de drogas em Mato Grosso do Sul. Na manhã de hoje(06), a PM(Polícia Militar) encontrou uma S-10 capotada na rodovia, abarrotada de droga. O motorista se machucou, pois havia sangue na camionete, mesmo assim conseguiu fugir do local. Um galão de combustível também foi encontrado na S-10, dando a entender que ele estava realizando viagem longa, sem paradas. Outra apreensão de drogas na rodovia ocorreu junho deste ano. Três pessoas foram presas, porque transportavam mais de 3 mil quilos de maconha.

De acordo com o major da PRE/(Polícia Rodoviária Estadual), Luis Carlos Alberto, não há muitos registros de apreensões na rodovia de 209 quilômetros, mas a polícia intensificou as fiscalizações porque se trata de um caminho para grandes centros. "Geralmente a região de fronteira é onde ocorrem as maiores apreensões, mas como se trata de um caminho para cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, estamos fazendo um policiamento ostensivo por lá", explicou.

Droga apreendida em agosto, na MS-040 (Foto: Divulgação/PM)Droga apreendida em agosto, na MS-040 (Foto: Divulgação/PM)

Em agosto de 2014, antes mesmo da rodovia ser asfaltada, um veículo foi encontrado abandonado com 1 tonelada de maconha na MS-040, há cerca de 40 quilômetros de Brasilândia. A polícia chegou no local através de uma denúncia anônima. A droga estava em um Renault/Duster de cor vinho, com placas de Brasília (DF). A chave do veículo estava no contato e a Polícia acredita que o condutor abandonou o carro devido a problemas na suspensão que não suportou o peso da droga e quebrou. Depois de pesada a droga totalizou 1.045 quilos.

O sargento do 10º Batalhão da Polícia Militar, Guimarães, que atendeu a ocorrência de hoje, relata que é comum denúncias anônimas sobre tráfico de drogas na rodovia, no entanto, sempre que a PM vai verificar não há nada no local, o que significa que os bandidos já tenham conseguido fugir por meio do apoio de outros carros.

Segundo o major Luis Carlos, o que dificulta o trabalho da polícia é o "modus operandi" das quadrilhas. "Eles costumam contratar um batedor que vai na frente para avisar o condutor do carro com a droga, caso exista alguma barreira, e também para dar assistência na fuga se houver algum acidente", disse.

Para surpreender também os batedores, o major explica que a fiscalização ocorre em horários específicos e as ações são feitas em conjunto com a PRF(Polícia Rodoviária Federal), já que os traficantes utilizam rodovias federais para chegar até as estaduais, de maneira que mais veículos sejam abordados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions