A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020

14/02/2020 12:08

“Quando entrei, o sistema de tecnologia era jurássico”, diz Marquinhos

“Algumas secretarias ainda trabalhavam com fichas”, disse prefeito quer aguarda autorização de crédito para tecnologia de dados

Izabela Sanchez
Prefeito Marquinhos Trad (PSD) participou de solenidade da operação mosquito zero nesta sexta-feira (Foto: Marcos Maluf)Prefeito Marquinhos Trad (PSD) participou de solenidade da operação mosquito zero nesta sexta-feira (Foto: Marcos Maluf)

Dos quase R$ 50 milhões que a Prefeitura de Campo Grande espera ter autorização da Câmara Municipal para emprestar da Caixa Econômica, a maior parcela, R$ 27,2 milhões, podem financiar a modernização na tecnologia de dados utilizada pelo sistema público do município. Nesta sexta-feira (14), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que ao “entrar na Prefeitura” encontrou sistema de tecnologia “jurássico”.

“Eu quando entrei na Prefeitura posso dizer para você que o sistema de tecnologia de Campo Grande era jurássico, extremamente antiquado. Algumas secretarias ainda trabalhavam com fichas. Por isso, se nós não modernizarmos, se nós não aplicarmos a tecnologia que está avançada, é cada vez mais dificultoso você atender e equipar com suficiência o serviço público”, disse.

O projeto prevê, ainda, contrapartida de R$ 1,7 milhão do município e o plano é criar uma central e modernizar o processamento de dados públicos de Campo Grande. Este projeto está inserido no âmbito do programa Pró-Cidades, do Ministério do Desenvolvimento Regional, em subdivisão chamada “Cidades Inteligentes”.

O objetivo é instalar fibra ótica para melhorar a conexão e comunicação em aparelhos públicos, a exemplo de escolas e postos de saúde. Além disso, esse projeto também abrange a instalação de um novo datacenter, que vai reunir dados do município.

Outro projeto que aguarda autorização da Câmara é a revitalização e modernização do corredor gastronômico da Avenida Bom Pastor. A Prefeitura quer contratar operação de crédito de Por R$ 22,6 milhões para essa obra com diversas frentes de trabalho na Avenida e entorno como adequação das calçadas, iluminação adequada para o período noturno, implementação de paisagismo e mobiliário urbano.

“É de fundamental importância. As pessoas querem desenvolvimento e isso gera custos e como a Prefeitura não tem valores suficientes para arcar, todavia ela devolveu às instituições financeiras a credibilidade de obter financiamento, coisa que não tinha 4 anos atrás, estamos vendo uma maneira de trazer vida nova ali para a Bom Pastor”, disse o prefeito.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions