A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/11/2013 16:26

"Terrenos sujos" viram cenário e só "multa" para limpar um bairro inteiro

Viviane Oliveira
O dono do terreno na Rua Joaquim Pinto Magalhães até fez a limpeza, mas deixou a sujeira no local. (Foto: Marcos Ermínio)O dono do terreno na Rua Joaquim Pinto Magalhães até fez a limpeza, mas deixou a sujeira no local. (Foto: Marcos Ermínio)

Em todas as ruas da região do bairro Centro Oeste, em Campo Grande, tem pelo menos um terreno baldio com mato alto e muita sujeira. A situação de abandono é tão evidente, que, em uma grande operação, a Prefeitura notificou mais de 150 donos de terrenos no Jardim Marajoara e no Parque Novo Século e deu prazo de 30 dias para a limpeza, sob pena de pagar multa de R$ 6,4 mil.

Os nomes dos proprietários foram publicados no Diário Oficial do Município e quem não cumprir no prazo de 30 dias, contanto a partir desta terça-feira (5) data de publicação, poderá pagar multa que varia de R$ 1.624 a R$ 6.498.

Na Rua Joaquim Pinto, no bairro Marajoara, o dono de um terreno fez a limpeza há mais de uma semana, mas deixou o entulho, dois morros de sujeira, em frente ao local. Os moradores dizem que estão cansados de reclamar, pois além dos terrenos sujos o bairro sofre com a enxurrada em tempo de chuvarada e no verão com os mosquitos e caramujos.

A dona de casa Luciene Ferreira de Jesus, 43 anos, mora entre dois terrenos sujos na Joaquim Pinto. Ela reclama da quantidade de animais peçonhentos que visita a casa dela por conta da imundice. “Eu cuido da minha mãe que vai completar 106 anos, tenho medo de ela pegar a dengue, pois já está com a saúde debilitada”, reclama.

Na Rua dos Timbós, a manicure Ana Paula Morais, 31, mora há 5 anos na região. Ela conta que faz a limpeza do terreno, pois tem medo de doença. “Além do mato, tem um pé de jacá e de manga. Volte e meia tenho até que fazer a poda das árvores para evitar moscas e bichos no meu quintal”, diz.

Terreno vazio na Rua dos Timbós. (Foto: Marcos Ermínio) Terreno vazio na Rua dos Timbós. (Foto: Marcos Ermínio)
Na região do Centro Oeste tem pelo menos um terreno vazio em cada quadra. (Foto: Marcos Ermínio) Na região do Centro Oeste tem pelo menos um terreno vazio em cada quadra. (Foto: Marcos Ermínio)

Com 7 crianças em casa, Maria de Fátima Rodrigues, 58, conta que fica incomodada com a falta de educação dos vizinhos que moram próximos a terrenos vazios. “Eles jogam galhos de árvores, folhas e tudo quanto é tipo de lixo e depois ainda tocam fogo piorando a situação”.

A limpeza e conservação de terrenos particulares são de responsabilidade do proprietário. Conforme a lei nº 2909, de 1992, os donos de imóveis são responsáveis, ainda, pela construção de calçadas e por mantê-las em bom estado de conservação.

Animais mortos - Quem for flagrado descartando animais mortos em terrenos também pode ser multado entre R$ 100 a R$ 15 mil. As denúncias podem ser feitas na ouvidoria da Sesau (Secretária Municipal de Saúde) no telefone (67) 3314-9955.

Confira os demais telefones de serviços que podem ser utilizados pela população para denunciar e solicitar reparos.

• Denúncia de terrenos sujos e descarte ilegal de lixo e entulho: 156
• Solicitação de limpeza de terrenos públicos, praças e bocas de lobo: 3314-3676
• Solicitação de troca de lâmpadas: 3314-3675.
• Ouvidoria geral da Prefeitura Municipal de Campo Grande 3314-4639.

Prefeitura notifica e pode multar donos de “terrenos sujos” em até R$ 6,5 mil
A Prefeitura de Campo Grande intensificou a fiscalização em terrenos sujos e autuou cerca de 170 proprietários de lotes localizados em bairros carent...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Sou morador do centro oeste, e moro na rua medrado a mais de dez anos, bem do lado da minha casa tem um lote baldio, que limpo sempre que estou de folga, em vez de descansar estou limpando lote baldio dos outros, eu nao aguento mais, gostaria que a prefeitura tomasse uma providencia, tenho medo da dengue e tambem de outros insetos, pois ate cobra meu filho de menor viu no terreno que nos moramos...
 
osvaldo valente em 06/01/2014 22:04:20
Sou moradora no bairro Centro Oeste, os moradores não tem consciência do perigo que corremos o risco de ficar doentes por causa do mosquito da Dengue é uma região de muita sujeira, eu mantenho o quintal limpo até meus vizinho me acha chata porque eu cato todos os plasticos que sai voando por aí.
 
maria inacia rocha em 07/11/2013 08:46:42
Está uma vergonha a situação dos terrenos, se o proprietario não tem condições de mandar efetuar a limpeza, vende o terreno para alguém que cuide ou construa no terreno, a Prefeitura é omissa, pois ja fiz uma reclamação sobre um terreno na Marquês de Lavradio, esquina com a Estrela do Mar, ja faz muito tempo e nada de resolver o problema, e ainda queriam copa do mundo aqui... ta de brincadeira.
 
Ronaldo Cesar em 07/11/2013 08:13:04
Um lembrete para a prefeitura municipal, o terreno (quase uma quadra) localizado ao lado do condomínio Nova Hungria (Av. Marquês de Pombal, 2207 Jardim São Lourenço, PERTINHO DO DAMAS 03) é uma área pública e está um matagal só. Considerando-se que ladeia 02 condomínios onde residem mais de 150 famílias, creio ser de suma importância sua limpeza. Não quer cuidar então loteie e venda, ou faça uma praça, tenho certeza que os moradores da região cuidariam do local. FICA A DICA!
 
RITA DE CASSIA em 07/11/2013 07:13:34
vs nao precisam ir em bairros muito longe e so ir na rua joaquim murtinho entre as ruas dos vendas e antonio de oliveira lima em frente ao posto de gasolina observe o caminho no meio do mato que as pessoas sao obrigadas a passar tente passar a PE

 
maria honoria a. almeida em 06/11/2013 17:47:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions