A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/04/2012 11:10

À espera de nova proposta, Polícia Civil ameaça fazer paralisação amanhã

Aline dos Santos

Hoje, a assembleia será realizada às 18h30 na sede do Sinpol

Polícia Civil faz operação-padrão desde a 2ª feira. (Foto: Pedro Peralta)Polícia Civil faz operação-padrão desde a 2ª feira. (Foto: Pedro Peralta)

À espera de um chamado do governo para retomar a negociação salarial, os policiais civis realizam assembleia nesta quarta-feira, cujo desfecho mais provável é uma paralisação de 24 horas a partir de amanhã.

De acordo com o presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), Alexandre Barbosa da Silva, ainda não houve contraproposta do governador André Puccinelli (PMDB), que, na última sexta-feira, ofereceu reajuste de 8,13%.

Por sua vez, os policiais querem reajuste de 25% para a base: investigador, escrivão, agente de polícia científica e perito papiloscopista. Com o reajuste, o salário passaria de R$ 2.142 para R$ 2.600.

Hoje, a assembleia será realizada às 18h30 na sede do Sinpol. Desde segunda-feira, a Polícia Civil realiza operação-padrão. Com tolerância zero para crimes de menor potencial, como venda de CDs e DVDs piratas, além da repressão ao jogo do bicho.

No Coophatrabalho, banca do jogo do bicho fechou. (Foto: Minamar Júnior)No Coophatrabalho, banca do jogo do bicho fechou. (Foto: Minamar Júnior)

“Vamos trabalhar. Se alguém estiver vendendo CD pirata, já vai para a delegacia”, afirma Alexandre da Silva.

A operação surtiu efeito no bairro Coophatrabalho. Desde segunda-feira as bancas do jogo do bicho estão fechadas. Conforme relato de moradores à reportagem, a medida foi adotada diante de rumores de uma nova ação contra a jogatina.

A PM (Polícia Militar), que está em negociação salarial com o goveno, também aderiu a operação “tolerância zero”.

Em negociação salarial, policiais ameaçam com aquartelamento e "tolerância zero"
As polícias Civil e Militar decidiram partir para o ataqueInsatisfeitas com a proposta de reajuste salarial do governo do Estado, as polícias Civil ...
Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


Deus queira que o Sr. André Fagundes nunca necessita de ajuda da Policia mas se caso precisar apartir dai vai dar valor no Policial, que sai de casa e não sabe se volta vivo.
 
Higor T. Martins em 18/04/2012 05:01:43
Sr. Gervasio: o seu comentário é injusto. como se toda a corporação está praticando o que o senhor diz em seu comentário. SE uma minoria está fazendo isso, que aplica-se a disciplina de acordo com a legislação pertinente. Mas justiça seja feita sim com salários dignos à toda corporação, são seres humanos, com famílias e trabalham na defesa da sociedade.
 
JOÃO ALVES DE SOUZA em 18/04/2012 04:50:57
ta na hora do governador ter pulso firme na conduçao desta negociaçao e punir quem quiser fazer greve ninguem e obrigado a ser policial vcs estao ai por que querem se ta mau vao fazer outra coisa e o que tem de policial que entrou pela porta do fundo da policia civil e faz maracutaia principalmente no interior ta na hora do secretario investigar e punir todos estes maus elementos
 
ANDRE FAGUNDES em 18/04/2012 02:40:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions