A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/01/2011 09:00

A partir de hoje serviços de água e esgoto estão 8,91% mais caros

Ana Maria Assis

Hoje começa a vigorar o aumento de 8,91% nas contas de serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em Campo Grande. O decreto que prevê o reajuste foi publicado no dia 3 de dezembro, assinado pelo prefeito Nelson Trad Filho, e causou polêmica tanto na Câmara dos Vereadores quanto na Assembleia Legislativa.

O deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) chegou a montar uma comissão para questionar a Águas Guariroba sobre o motivo do aumento. Para ele, o cidadão campo-grandense já pagava “caro demais” pelo serviço. Por sua vez, o parlamentar Paulo Pedra (PDT) usou a tribuna da Câmara dos Vereadores para também reclamar do aumento e, ainda, para criticar o prefeito por não ter comunicado com antecedência aos vereadores sobre o reajuste.

Já o prefeito Trad Filho, deixou claro durante cerimônia de inauguração da Cidade do Papai Noel, que o reajuste de 8,91% nas tarifas de abastecimento de água e esgoto é resultante de um contrato entre a prefeitura e a concessionária Águas Guariroba.

Conforme o texto do Diário Oficial, o reajuste foi autorizado pela Agência de Serviços Públicos Delegados, com base nas planilhas apresentadas pela Águas Guariroba.

Aumento

Com o aumento, a partir de hoje o menor preço cobrado para o metro cúbico da água em Campo Grande passa a ser de R$ 1,02, com a tarifa de esgoto em R$,078. Esse preço vale para os consumidores da tarifa social, na faixa de consumo de até 20 metros cúbicos por mês.

O maior preço passa a ser de R$ 12,85 por metro cúbico de água, para o Poder Público, quando o gasto é acima de 20 metros cúbicos de água, com tarifa de esgoto de R$ 8,99.

O último reajuste nos preços dos serviços de água e esgoto em Campo Grande foi em outubro de 2009, e o aumento foi de 15,53%.

Na época, ficou acertado que não haveria novos aumentos até 2011 e que seria suprimida do contrato com a Águas Guariroba a cláusula que aumentava a tarifa de esgoto.



O POVO NÃO AGUANTA TANTO AUMENTO , O JEITO VAI SER VOLTAR AOS TEMPOS ANTIGOS DE CAMPO GRANDE, QUANDO OS MORADORES TINHAM UM POÇO EM CASA.
 
DIVINO RIBEIRO em 03/01/2011 12:08:52
Esse é o pais das maravilhas, aumento para todos os lados , IPVA,Segura Obrigatorio, agua, esgoto , com certeze energia eletrica tambem, e o aumento dos funcionarios, digo reajuste, por aumento faz muito tempo que nao temos, só perdas salariais e ninguem faz nada, digo esses politicos espertalhoes que aumentam seus salarios na calada da noite e ninguem pode fazer nada, esse pais é uma maravilha, etá povo tranquilo , todo mundo aceita numa boa!! ate quando?
 
jose vieira em 03/01/2011 11:27:06
"Na época, ficou acertado que não haveria novos aumentos até 2011 e que seria suprimida do contrato com a Águas Guariroba a cláusula que aumentava a tarifa de esgoto."
Eu acho que se enganaram em vez de "suprimida" entenderam "subida"....brincadeira!
 
Luciano Quintana em 03/01/2011 10:41:45
Na bem da verdade o consumidor paga pelo vácuo do ar que passa pelos hidrometros, as mudanças vieram para mexer no bolso.Mas não temos a quem recorrer o jeito é fazer poço artesiano em casa e usar pouca água que vem da rua.
 
joaquim Cunha em 03/01/2011 10:39:07
Campo Grande é exemplo na área de saneamento, possuímos uma das melhores empresa de saneamento do País. Água de qualidade, esgoto 100% tratado!! Se fosse aumento do custo da cerveja de todo final de semana, não haveria questionamento da população. Sou a favor de aumentos sim, desde que haja contrato formulado, no qual já reze com antecedência estes aumentos. Aumenta-se a tarifa, porém os investimentos aumentam, obras para todo lado em Campo Grande... Questiono os demais, pelo fato de ser cliente desta empresa, e sempre ter sido atendido prontamente, tanto pelo call center e tanto pelo atendimento personalizado. Onde já se viu sermos recebidos em um atendimento público, ainda mais de saneamento (que não possui concorrentes), por uma funcionária de pé, com um sorriso no rosto, e que nos atende da melhor forma possível? Um call center que agenda horário de atendimento para os clientes, para que não haja espera no atendimento? Comparecem um aumento mínimo de 8,91% com um aumento de mais de 60% dos NOSSOS representantes. É fácil comparar, veja o tanto que a área de saneamento evoluiu na cidade, e compare o que já foi feito na cidade por nossos governantes?
O mal da população é a crítica sem análise de números, de realizações sólidas. Infelizmente, a maioria é alienada...
 
Luiz Henrique em 03/01/2011 02:36:17
A situação anda complicada, no Detran algumas guias subiram, e em uma porcentagem assustadora, uma guia de relacração foi de 42 reais para 61, e também houve um aumento no valor das placas, algumas subiram mais de 20 reais.
 
jacson h rossato em 03/01/2011 02:35:15
NA VERDADE TEM QUE SE TIRAR DE "ALGUM LUGAR" O DINHEIRO PARA PAGAR O AUMENTO DE SALÁRIO DOS DEPUTADOS NÉ !!!! ENQUANTO O POVO AGUARDA O REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO (QUE É UMA VERGONHA EM VISTA DO DOS PARLAMENTARES) OS PRODUTOS E SERVIÇOS SÃO REAJUSTADOS BEM ANTES, AÍ NÃO VALE DE NADA O AUMENTO RECEBIDO !!!!! BRINCADEIRA VIU !!!!!!!!!!! O POVO BRASILEIRO SÓ RECLAMA DE BRAÇOS CRUZADOS, NÃO SABEM DO PODER Q TÊM..........VAMOS REAGIR GENTE !!!!!!!
 
JOELMA BARRETO em 03/01/2011 02:03:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions