A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Setembro de 2019

09/10/2014 16:13

Abelhas invadem casas, atacam moradores e criam pânico em bairro

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Bombeiros usam roupas especiais para enfrentar abelhas (Foto: Paulo Francis)Bombeiros usam roupas especiais para enfrentar abelhas (Foto: Paulo Francis)
Pedreiro mostra sinais das picadas das abelhas nas costas (Foto: Paulo Francis)Pedreiro mostra sinais das picadas das abelhas nas costas (Foto: Paulo Francis)

Um enxame de abelhas européias invadiu casas, atacou três famílias e criou pânico nos moradores do Bairro Monte Alto, na saída para Rochedinho, em Campo Grande, por volta das 15h20 de hoje (9). O Corpo de Bombeiros encaminhou seis pessoas à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Coronel Antonino. Casas foram esvaziadas e empresas fecharam mais cedo no local.

Tudo começou quando o enxame invadiu as casas do bairro. Segundo o pedreiro Ordilei Cardoso, 28 anos, o ataque causou pânico entre os moradores. Mulheres e crianças começaram a sair das casas aos gritos e pedindo socorro.
Ele também foi atacado e levou várias picadas das abelhas nas costas. Uma mulher, mãe de uma criança de dois anos, segundo Orilei, ficou com o rosto “preto”, toda coberto pelos insetos.

O acabador Bruno Dantas, 21, estava trabalhando em uma marmoraria do bairro, quando a primeira vítima chegou e pediu ajuda para ele tirar o ferrão do rosto. Em seguida, as abelhas apareceram e começaram a atacar os funcionários da emresa.

Ele conta que uma mulher chegou ao local com o rosto coberto pelas abelhas e foi levada para o banheiro, onde funcionários jogaram água para tirar os insetos.

Um dos funcionários, identificado com Thiago, teve a mulher, a sogra e três filhos – de um, dois e quatro anos – atacados pelo enxame. Alguns funcionários se trancaram dentro do escritório para se proteger, enquanto o dono da empresa e outro funcionário usaram extintores para se proteger contra das abelhas.

Bruno contou que ele foi picado nas pernas, braços, barriga, costas e cabeça pelas abelhas. Só em obra no bairro, cinco pedreiros também foram atacados pelo enxame.

O Corpo de Bombeiros enviou viaturas para socorrer os moradores. Segundo o sargento Jack Santos Costa, as abelhas são européias e migratórias. Seis pessoas, sendo três adultos e três crianças, foram encaminhadas à UPA do Bairro Coronel Antonino.

O sargento disse que as abelhas ficaram dentro um latão no quintal de uma residência. As casas do lado foram esvaziadas. Os bombeiros vão fazer o extermínio à noite, quando as abelhas estiverem mais calmas. Ele contou que a equipe fará outros quatro extermínios de abelhas hoje.

 

Na fuga de abelhas, morador deixou chinelos na rua (Foto: Paulo Francis)Na fuga de abelhas, morador deixou chinelos na rua (Foto: Paulo Francis)
Após ataque, abelhas se esconderam em latão no fundo de residência (Foto: Paulo Francis)Após ataque, abelhas se esconderam em latão no fundo de residência (Foto: Paulo Francis)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions