A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/08/2014 23:06

Abertura da Campanha contra hanseníase reúne 800 estudantes

Alan Diógenes

Mais de 800 alunos da Escola Municipal Vanderlei Rosa de Oliveira, no Parque Novos Estados, participaram da abertura da Campanha Nacional contra Hanseníase, Verminoses e Tracoma, que iniciou nesta segunda-feira (4) e segue até a sexta-feira (8). A ação pretende visitar as 94 escolas municipais com a intenção de proteger crianças e adolescentes contra as doenças e alertar pais e professores sobre os seus sintomas. A campanha é uma parceria entre a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) e a Semed (Secretaria Municipal de Educação).

Com a Campanha, a Sesau pretende detectar precocemente os casos de hanseníase, verminoses e tracoma em escolares de cinco a 14 anos. Durante a ação os alunos serão examinados e, se necessário, medicados e encaminhados para tratamento nas Unidades Básicas de Saúde.

A diretora de Vigilância em Saúde da Sesau, Márcia Dal Fabbro, explica que em casos de verminose, o aluno já recebe medicamento na escola. Já os casos de tracoma e hanseníase, são encaminhados para tratamento. “É importante que as crianças e seus pais estejam atentos aos sintomas dessas doenças e que façam o acompanhamento para que esses casos não se agravem”, diz Dal Fabbro enaltecendo ainda que “o tracoma, por exemplo, é infecção ocular transmissível, causada por bactéria, que afeta comumente crianças e que, se complicada, pode levar a cegueira”.

Durante a Ação, será entregue um formulário a ser preenchido por pais e/ou responsáveis a respeito de sinais e sintomas sugestivos de hanseníase, bem como, sobre o histórico familiar da doença. A gerente técnica do Programa Municipal de Controle da Tuberculose e Hanseníase, Vanessa Aquino Ferraz, explica que “na presença de lesões sugestivas, o agente comunitário da unidade de saúde próxima à residência do escolar entregará o encaminhamento com local, data e horário agendado para exame médico, onde poderá ser confirmado o diagnóstico de hanseníase, com início imediato do tratamento”.

Elias Santana é pai de duas crianças que estudam na Escola Vanderlei Rosa de Oliveira. Ele conta que a ação é muito importante, pois envolve os pais e professores a ficarem atentos aos sintomas. “É uma tranquilidade saber que profissionais estão se deslocando até a escola para garantir que os alunos estejam saudáveis e que assim consigam melhor desempenho escolar”, finaliza.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions