A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

19/01/2014 10:32

Ação policial envolvendo 5 viaturas termina com 18 detidos após acidente

Viviane Oliveira

Uma ação policial envolvendo cinco viaturas da Polícia Militar terminou com 18 pessoas detidas, dentre elas, 15 adolescentes com idades entre 13 e 17 anos. A ocorrência foi registrada por volta das 23h40 de ontem (18), quando o repórter Itamar Rodrigo Amorim, 33 anos, do programa "Picarelli com Você", conhecido pela cobertura policial, diz ter sido agredido por um grupo de esqueitistas na Avenida Euler de Azevedo, na entrada do bairro Coophasul, em Campo Grande.

Itamar conta que um dos integrantes do grupo foi atravessar a rua e acabou atropelado por um veículo. Ao tentar fazer imagens do acidente, o repórter conta que foi agredido a chutes, socos e pontapés pelo bando. “Eles me agrediram, inclusive, com os skates”, diz o repórter.

Para tentar se proteger, Itamar foi para o carro da reportagem, mas ele diz que os adolescentes foram atrás e começaram a balançar o veículo. O bando só parou depois que uma viatura do bombeiro chegou. “Eles se assustaram achando que era a Polícia e foram embora”.

Só assim Itamar, que estava junto com a esposa, Silvana Lopes Carvalho, 29 anos, conseguiu ligar para a Polícia e sem a molecada perceber foi acompanhado e passando informações do local onde os meninos estavam.

A viatura da área foi a primeira chegar e pediu reforço. No total, foram mobilizadas cinco viaturas, uma do Coophasul, do bairro Nova Lima, tático do 9º batalhão, uma viatura do oficial de área, a tropa de choque da PM e dois policiais de moto.

Foram apreendidos 15 adolescentes, os jovens Alexandre Gianotto Ledesma, 21 anos, Robson Wiliam Ortega, 18, e Rafael Pereira Coene, 18. Com Alexandre, foi encontrada uma porção de maconha.

O bando foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Centro. Eles vão responder por desordem, ameaça, desacato, injúria, perturbação do trabalho e por porte de droga para consumo pessoal.



Eu conheço os envolvidos, e posso dizer que para quem não sabe, a maior parte nem fuma, apenas estavam com um ou dois que são má companhia. Pior do que ignorante que nao quer saber, é o que fala sem saber. E a legalizaçao da maconha nao seria apenas para consumo proprio, procurem saber do que falem, sao as mentes fechadas que regridem o mundo.
 
Tiago Morisson em 22/01/2014 11:04:55
Eu Concordo com o Luciano Silgueiros, deveria ter uma atividade para esses quem faz essas graças e são menores que não pode ficar presos... e que são pego com drogas e tem aquele a faz pichação... colocar para varer Ruas, Praças, cuidar de Jardim... ter um trabalho de reeducação, saber que o trabalho edifica uma pessoa.... não apenas ficar nessa vida... ou ter outros trabalhos lavar a viatura da policia, limpar as cadeias...
 
Daril Rodrigo em 20/01/2014 09:11:46
Eu fico cada vez mais impressionada com a capacidade intelectual dos leitores deste site. Primeiro vem um e diz: "Jovens se tornaram "machão" por conta dessa porcaria da maconha"; depois vem outro e diz: "Tem muita gente precisando um pouco de escravidão neste país. trabalho forçado a base de chibatadas." E eu pergunto: ONDE É QUE VAMOS PARAR COM PENSAMENTOS QUE DENOTAM TANTA IGNORÂNCIA?
 
Anita Ramos em 20/01/2014 09:00:30
um trilhão de parabéns aos policiais de nossa Capital,temos esperança e pedimos a DEUS que todo nosso Estado esteja agindo dessa forma com rigor e responsabilidade, porque convenhamos se não for tomada uma atitude urgente urgentíssima em alguns locais de nosso País (em breve será concretizado o País do LIXO) quero deixar claro que sou totalmente a favor de manifestações pacíficas principalmente contra CORRUPÇÃO pois isto é o pior câncer de uma Nação, outra desgraça é a droga, não dá pra entender porque o ser humano que diz ser racional não se CONSCIENTIZA disso, é triste ouvir que em dias atuais os jovens estão ingressando numa podridão dessas tão esclarecidas de consequências desastrosas para famílias em todo o mundo.
 
Abel dos Santos em 20/01/2014 08:56:33
Bairro Cophasul, Azaléia, Nossa Senhoras das Graças, esta dificil, pois a insegurança é total, tem um posto de policia no Cophasul mas parecem que não querem ver a realidade dos bairros é outra, é usuários de drogas e gente estranha todos os dias.
 
Juliana Soares em 20/01/2014 08:49:15
Douglas Cavalcante Que que é isso cara??? Esquetes? A reportagem está correta com a forma de dizer Esqueite, para não americanizar o português e dizer "SKATISTAS".
Muitos Jovens sem Causa, na verdade gostam mesmo é de "Causar", ir pra rua dizer que são machos e cheios de coragem... Cadê um MACHÃO desses passando de ano na Escola??? Analfabetos e sem futuro!!! Pra pessoas desse tipo só sobram Cadeia e Cemitérios!!!!! E ainda Atrapalham a vida de quem vive de Notícias e precisa estar em todo lugar para pegar uma matéria boa...
Parabéns ao CGNews....
Vlw PM!!!
 
george lucas em 20/01/2014 08:46:15
gostaria de saber se o repórter já foi visitado pelo direito dos manos para dar apoio a sua esposa que provavelmente deve ter ficada abalada com esses marginais de menores que de menor não tem nada e ainda sao protegidos por este tal de ecaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
 
paulo costa em 20/01/2014 08:44:28
nesse ultimo domingo.. estivemos no parque das nações indiginas incentivando meu filho e sobrinhos a pratica skate, pois alem de tudo e um esporte !! o que tem de maconheiro naquele local e um absurdo !! E TUDO ISSO A MENOS DE 40 MTROS DO POSTO POLICIAL DO PARQUE, e realmente uma VERGONHAAA !!!!! um local onde as familias levam os filhos ao incetivo do esporte e no final das contas ficamos correndo do cheiro da maconha, nao deu outra..ficamos 30 minutos e fomos embora.
 
JOAO PEDRO em 20/01/2014 08:19:18
Não está na hora da sociedade e os pais mudarem o modo de educar os filhos? Falam sempre nos direitos dos adolescentes mas, e dos seus deveres? Para ter direito sempre um dever deve ser cumprido. Ou a população deve arcar e pagar esses desmandos que estão cada vez mais crescentes?
 
Jose Vicente Avalhas Marques em 20/01/2014 07:43:37
Tem que botar esse bando a prestar serviços comunitários... Para ver se vira gente...
 
Ulisses Silva em 20/01/2014 07:36:10
av euler de azevedo agora av dom antonio barbosa entrada dos bairros copasul e nossa senhora das graças esta um verdadeiro inferno, é assalto, furto de dia e de noite e a PM que tem um posto no bairro não faz nada para mudar isso, total insegurança para quem anda a pé e não tem carro.
 
Maria Fernandes Gomes em 20/01/2014 07:17:36
A matéria valeu pelo comentário do Douglas Cavalcante.
 
Hilda França em 19/01/2014 22:26:34
OS NOSSOS JOVENS ESTÃO PERDIDOS ASSIM, POR CAUSA DAS NOSSAS LEIS QUE SÃO UMA VERGONHA...TEM QUE LEVAR PARA A CADEIA ESSES, PORQUE PARA A LEI SÃO MENORES, MAIS PARA FAZER ESTA BAGUNÇA, JÁ SÃO MAIORES...
 
NEUCINEY DE ALMEIDA COSTA em 19/01/2014 21:47:36
Adolecentes sem educacao e lar e viram bandidos, politicos pelo amor de Deus, parem um pouco e pensem, precisamos de escola, vcs podem ser vitimas um dia, parem e pensem.
 
Rubens Nunes em 19/01/2014 20:51:16
Estudar pra quê? o governo dá :casa,comida,comida na cadeia,liberdade p fazer o que quiser quando menor. Imaginem daqui a alguns anos: filas no sus, vagas na escolas para os filhos se tiverem capacidade de formarem uma. Ainda querem + e assim vai esses trouxas atrapalhando a vida dos outro.Onde estão os responsáveis? Na cadeia? No cemitério? E vai ai fazer besteiras afora..Quem toma conta destes?
 
João da Silva Rocha em 19/01/2014 19:53:17
Seria realmente muito bom se a polícia fizesse rondas diárias e em horários alternados, principalmente no jardim fluminense e nossa senhora das graças, bairros bem próximos ao fato ocorrido... pegaria muita gente, não só menores, mas maiores de idade também; dirigindo carro e pilotando moto ( adolescentes e maiores de 18) bêbados, colocando em risco a própria vida e a dos outros e o pior é que os pais consentem.... ontem mesmo vi um bando de adolescentes na entrada da coophasul com skates, tive o maior medo e se duvidar foi o mesmo bando que atacou o repórter..e ontem á tarde uns adolescentes menino e menina estavam pilotando uma moto tipo biz vermelha em uma rua paralela a euler de azevedo...pronto falei....se liga
 
Danielle Oliveira em 19/01/2014 19:31:27
triste e saber q policia prende e a justiça solta
 
esteva vargas pinheiro em 19/01/2014 19:12:51
No brasil é assim o cidadão de bem apanha e esses marginais no mesmo dia estarão nas ruas cometendo a mesma bagunça. Acho que esse Brasil precisa de um regime militar de pelo menos um ano. Tem muita gente precisando um pouco de escravidão neste país. trabalho forçado a base de chibatadas. já morei numa pequena cidade onde quem mandava era o exercito, lá o cara quando aprontava o exercito buscava em casa sem ordem judicial, levava para o quartel por uma semana. o cara voltava mansinho, cuspindo sangue, depois virava crente, era uma maravilha. tempos que parece que nunca mais voltará.

 
jose pinheiro em 19/01/2014 18:37:14
Gostaria de deixar aqui meu agradecimento a todos os guerreiros da policia militar,pelo trabalho que realizou nessa ocorrencia,se eles nao tivessem sido rapidos nem sei oque teria acontecido,que Deus possa reconpensa-los meus amigos,vcs mesmo com toda a ingratidão do povo continuam zelando pela vida dessa sociedade que infelizmente so sabe defender bandido e desvalorizar o trabalho da policia,deixo aqui meus sinceros muito obrigado!!!!
 
itamar rodrigo em 19/01/2014 17:53:47
Eu estava presente presa no engarrafamento do acidente e vi tudo oque esses marginais estavam fazendo,estavam todos visivelmente drogados,nao respeitavam ninguem, queria que as pessoas saissem de la,sendo que a rua estava interditada,agrediram um senhor que estava com o carro ao lado do meu,xingaram,bateram no rosto do senhor e chutaram o carro dele,tudo isso com muitos chingos e com muita agressividade,e quando o rapaz da reportagem chegou,foram todos pra cima dele como vespas,da mesma forma que fizeram com o senhor de idade,esses moleques poderiam sim ser menores,mais tinha atitude de monstros da pior especie,eu estava com meu neto de apenas 4 anos no carro e fiquei em panico,parabens a policia millitar,agradeco a Deus pela vida de vcs,continuam nos protegendo mesmo com tanta engratidao!
 
Neuza Magalhaes em 19/01/2014 17:41:51
Nossa hein!! pra que tudo isso de viatura?? E viva o picarelli!!
 
Cezar Pinheiro em 19/01/2014 17:37:23
O pior é que onde tem Skatistas, tá tudo pichado. Tem que se apurar a relação Spray/Skate pra ver se não são os mesmos.
 
Valter Oliveira em 19/01/2014 17:30:20
É um bando de adolescente.Pelas nossas leis posta, não podem trabalhar, mas podem ficar até altas horas nas ruas fazendo desordens, se colocasse essa molecada para trabalhar aos doze anos de idade amenizaria bem o problema de marginalidade de menores.
 
PORFIRIO VILELA em 19/01/2014 17:22:14
Com certeza já estão todos em liberdade, pronto pra aprontar novamente.É a lei.
 
santos filho em 19/01/2014 15:02:49
Onde estão os pais desses marginais DIMENORE??? tomando cachaça também???
Esses projetos de bandidos, ficam soltos a madrugada toda pelas ruas, cadê? os pais, que parem essas pragas e jogam no mundo.
Tinha que dar uma sova nesses, se pai vier reclamar, dê umas duas sovas neles também, quem sabe a coisa não começa a mudar.
 
Juan Charlymoon em 19/01/2014 14:33:51
Essa turminha fuma um baseado todo santo dia nos fundos do Pelotão da PM da Cophasul. E picharam o muro da associacao de moradores, AO LADO do pelotão da PM. Passa lá, CampoGrandeNews, no domingo de manhã, na praça da Cophasul, pra ver a turminha ....
 
Maria Lima em 19/01/2014 13:40:33
Esquete (do inglês skit - sátira, paródia) é um termo utilizado para se referir a pequenas peças ou cenas dramáticas, geralmente cômicas, geralmente com menos de dez minutos de duração (com tal duração, alguns autores já as consideram como peças propriamente ditas). São frequentes em programas cômicos de televisão, mas também há casos da sua utilização no cinema ou no teatro, por exemplo o stand up comedy, e nos cafés-concerto. Um bom exemplo da utilização de esquetes na televisão e no cinema encontra-se na obra dos Monty Python, seja na série televisiva britânica Monty Python's Flying Circus seja no filme The Meaning of Life.
 
Douglas Cavalcante em 19/01/2014 13:07:40
Velho na boa....o que são esquetes???
 
Clovis Araujo em 19/01/2014 12:39:20
Coloca esses marginais para varrer as ruas de Campo Grande.
 
Luciano Silgueiros em 19/01/2014 12:20:00
E ainda querem a liberação da maconha. Jovens se tornaram "machão" por conta dessa porcaria da maconha. Perderam a cabeça e saíram num arrastão pelas ruas quando começaram a agredir um cidadão. Fez bem a PM em cercar , cacetear ,puxar as orelhas da molecada, não porque o cara é repórter do Picarelli, mas porque a PM, ultimamente anda de olho vivo pra defender a sociedade.Esperamos que continue assim.
 
samuel gomes-campo grande em 19/01/2014 11:14:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions