A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/08/2011 19:21

Após denúncia, polícia apura casa onde adolescentes se encontravam para fazer sexo

Viviane Oliveira

"No quarto eu vi os jovens bebendo e fazendo sexo", diz mãe de adolescente que indicou local onde acontecia festas entre alunos

Mãe de adolescente disse que fez denúncia e polícia dizia que não poderia fazer nada. (Foto: Simão Nogueira).Mãe de adolescente disse que fez denúncia e polícia dizia que não poderia fazer nada. (Foto: Simão Nogueira).

Após matéria divulgada no Campo Grande News, mostrando o caso de uma mãe que pedia ajuda para tirar filha de 12 anos de suposto clube de sexo, a Polícia Civil e o Conselho Tutelar decidiram investigar o caso. Grupo de adolescentes usava uma casa localizada na rua Dona Albertina Rosa, no bairro Iracy Coelho, em Campo Grande, para festas. segundo a adolescente de 12 anos que disse ter frequentado o local mais de uma vez.

A manicure Zilma Costa Barreto, 30 anos, levou na tarde desta terça-feira a filha de 12 anos ao IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal) para fazer corpo de delito. De acordo com ela, a Polícia foi até a casa do adolescente de 16 anos e encontrou uma porção de maconha em poder de um dos estudantes.

“Segundo a manicure, os adolescentes estudam em uma escola estadual no bairro e ‘matam aula” para se encontrarem. Na presença da mãe, a adolescente contou que o convite é feito de boca em boca dentro da escola. A menina confirmou que já fez sexo uma vez na casa.

Eu fui até a casa e encontrei aquelas crianças bebendo vodca e ouvindo som alto. “No quarto eu vi os jovens bebendo e fazendo sexo”, disse a mãe. Em outro cômodo as garotas com roupas íntimas dançavam para os meninos que estavam só de sunga”, completa.

O Conselho Tutelar investiga o caso. Segundo a conselheira Cassandra Szuberski, o caso é grave.

Na última sexta-feira (19), Zilma foi até a Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) comunicar o caso para a Polícia. Ela conta que dias antes registrou um boletim de ocorrência contra o garoto por ameaça. Ela foi ameaçada pelo adolescente no dia que esteve na casa dele à procura da filha.

A manicure conta que atualmente vive com um homem que não é pai das duas meninas mais velhas. Conforme ela, o ex-esposo disse que ela é culpada por tudo isso que está acontecendo com a garota, o que a deixa mais revoltada ainda.



Tem muitos adolescentes soltos alí na Orla Morena, andando de skate, etc. Pais, fiquem espertos....alí rola de tudo!!!
Polícia também......fiquem mais de olho naquela região.

É ISSO QUE DÁ.....conheço uma mãe, por exemplo, que trabalha o dia inteiro e à noite vai saracutiar na casa das "amigas" e agora tá com o filho adolecente nas drogas, dando a maior dor de cabeça. Agora ela chora!
 
Renata Oliveira em 14/03/2012 10:29:16
Infelizmente não tem como proibir a tv, mas tem como conversar com o filho (a), instruir de maneira saudavel, achar que a escola vai te dar um filho pronto tambem não resolve, educação começa em casa, acredito muito que a participação na vida de seu filho seja fundamental para o seu futuro, trabalhar, trazer o sustento para casa apenas isso não basta eles querem tambem limites, atençao, interesse querer conhecer o amiguinho do seu filho, ir a escola sem avisar, mostrar ao seu filho que quer saber como foi o seu dia, mostrar interesse, o homem nao vive somente de pão.
 
Tânia Regina Almeida em 27/08/2011 02:04:31
Na presença da mãe, a adolescente contou que o convite é feito de boca em boca dentro da escola. A menina confirmou que já fez sexo uma vez na casa.
Eu fui até a casa e encontrei aquelas crianças bebendo vodca e ouvindo som alto. “No quarto eu vi os jovens bebendo e fazendo sexo”, disse a mãe. Em outro cômodo as garotas com roupas íntimas dançavam para os meninos que estavam só de sunga”, completa.
Esta é a pior aberração de relato que nós pais de família podíamos ter presenciado através dos meios de comunicação, a criança relatando o que já fez e a mãe expondo as cenas "podres" que teve de visualizar no recinto descoberto.
E pior! O infratorzinho menor de idade ainda profere ameaças àquela que busca tirar sua filha da constrangedora situação, trampolim para uma breve e provável vida de condutas inadequadas como mulher.
Mas com tudo isso, fica o alerta de falha quanto aos pais que não acompanham e monitoram as atividades cotidianas de seus filhos menores, seja na escola, em casa, na rua ou qualquer outro lugar.
Culpar este ou aquele agora é inoportuno, o remédio é orientar, acompanhar e designar tarefas que motivem, pais e filhos a terem uma maior interação e consequentemente maior respeito uns pelos outros. Bom caminho é a igreja, seja ela qual for.
 
Francisco Chagas de Araujo em 25/08/2011 05:41:47
só achu que,ninguem tem nada com isso,alem de quem esta diretamente envolvido.E que em vez de fazer outra coisa mais importante,ficam fazendo comentarios sobre um acontecimento que na verdade esta ´cada vez mais comum.A essa hora ele esta tranquilo por ser"menor",só em idade msm,pq em malandragem ele ta bem mais evoluido.aaa e como se os comentarios aqui postados iram mudar algo.nao vai mudaa infelizmente.
 
jefferson lopes em 25/08/2011 03:15:14
ENGRAÇANDO AGORA QUEREM INCRIMINAR A DIREÇÃO DA ESCOLA, COM CERTREZA OS PAIS FORMA AVISADOS QUE SEUS FILHOS ESTAVAM FALTANDO A AULA. SERÁ QUE ELES FORAM NA REUNIÃO DE PAIS E MESTRES? COM CERTEZA ESSES PAIS NÃO VÃO A REUNIÃO QUE A DIREÇÃO CONVOCA. UM VEZ MUITOS PAIS FORAM NUMA REUNIÃO DESTA PORQUE O PROMOTOR INTIMOU OS PAIS DOS ALUNOS AINDA ASSSIM MUITO FALAVAM QUE NÃO PODIAM IR, MAS COMO FORAM INTIMADOS SE SENTIRAM OBRIGADOS. A DIREÇÃO NÃO TEM CULPA DA NÃO PRESCENSA DOS PAIS. TIRARAM A AUTONOMIA DOS PROFESSORES E AGORA QUEREM QUE ELES CUIDEM DESTES MAUS ALUNOS QUE SÃO RESPOSNSABILIDADES DOS PAIS, QUE ABSURDO.
TEMOS QUE VOLTAR NA EPOCA DA PALMATÓRIA, DO PROFESSOR TER MAIOR AUTORIDADE SOBRE OS ALUNOS.
 
LUIS CARLOS em 24/08/2011 11:00:57
...Sou, pai e estou indgnado; No meu tempo ñ tinha lei q protegia criança e adolecente,t q respeitar os mais velhos.As sociedade t q ler e colocar em pratica os dez mandamentos.Agora algo t q ser feito o q acontecerá c o filho dos nossos filhos.Acorda brasil; ñ podemos compactuar c erros , mas sim com acertos.Isso ñ é democracia é anarquia liberdade sim libertinagem ñ.
 
gircilei prudêncio em 24/08/2011 10:33:39
O colégio tem que ligar sim para os pais qdo o aluno começa a faltar. Tem pais que deixam o filho na porta da escola e depois vão trabalhar e se ele resolve matar aula como é que vc fica sabendo? Segundo a lei o jovem não pode trabalhar antes dos 16 anos. Então temos que ficar de olhos bem abertos e com controle. Na televisão tudo pode, até cenas de sexo é normal, mas não é normal os pais fazerem sexo na frente dos filhos e então como pode ser normal na televisão onde todo mundo vê e a qualquer hora. Se fazemos sexo entre 4 paredes. Acho que temos que controlar mais nossos filhos, porque o governo controla a idade deles, tem que controlar se eles estão na aula e tem que cobrar dos pais, assim como controlam o cartão de benefícios das bolsas....
 
Cida Barros em 24/08/2011 09:56:39
É isso aí Celia Maria, falou tudo, vc. está certissíma,essa molecada de hoje não tem educação, não respeitam ninguém, uns pais ausentes sem pulso firme para dominar as feras, e ainda dizem que a lei não permite que eles educam os filhos, educar é uma coisa espancar é outra, para educar não é necessário bater.
 
gloria aparecida em 24/08/2011 09:06:06
Se os pais derem menos valor as novelas e mais tempo ao cuidado com os filhos talvez muitas dessas coisas seriam evitadas e veríamos noticias mais agradáveis em nossos jornais.
 
Oswaldo Benites em 24/08/2011 09:04:09
No meu ponto de vista, isso é a falta de diálogo entre pais e filhos que a cada dia está cada vez mais distante das familias.
As perguntas que têm que ser feitas aos jovens são '' O que eles pensavam enquanto faziam a orgia'' e '' Como se sentem após essa descoberta''
Isso é muito triste.
 
Johnny Daniel em 24/08/2011 08:56:15
Eu dou risada pra não chorar! Uma das noticias mais tristes que vi nesse site. Dois péssimos lados você tem nessa historia. A má educação que pais estão dando aos seus filhos, ou mesmo, a falta de educação que pais tem com seus filhos, o que acaba gerando um falso conceito de sociedade. O outro lado é a nossa juventude, totalmente DOENTE, totalmente SEXUAL, influenciada por uma mídia que só visa o lucro, mas não tem, ou tem, consciência do grau de terrorismo psicológico que causa nestes inocentes seres. Inocentes sim, porque 12 anos a criança não responde por si próprio, sendo a todo momento manipulada por terceiros, incluindo-se a mídia, para cair na tentação da promiscuidade e da falta de bom senso. Em um certo período de nossa historia, confundiram liberdade com libertinagem. Pais, deem umas boas palmadas nos seus filhos, mostre para eles quem eles devem temer, quem eles devem respeitar. Vocês! Acordem jovens pai, vocês estão criando monstros.
 
Thiego Pacheco em 24/08/2011 08:49:45
É isso que dá aborrecentes não poder trabalhar e não poder levar uns cascões no pé da orelha. Não podem trabalhar porque é menor de 14 anos mas, podem roubar, matar, ameaçar e se prostituirem não é mesmo? Se estivessem ocupando o tempo em alguns instituto de aprendizagem ou aprendendo uma profissão não estariam desse jeito. Educação e orientação são obrigação dos pais.Na escola vão para adquirir conhecimento, sabedoria e, como se já não bastasse professor ser agredido dentro da sala de aula os pais acham que a culpa é do professor que não corrigiu o meliante mirim.Chega de impunidade para eles. Fez coisa errada tem que pagar com medida sócio-educativa e 'convidar os pais' a presenciar o corretivo que ELES não souberam aplicar. Também sou mãe mas e soube dizer SIM na hora certa com também dizer NÃO na hora certa. Educar não é passar a mão na cabeça É CORRIGIR!!!!!!!
 
Célia Maria da Silva em 24/08/2011 08:46:16
A Policia e o conselho tutelar deveria investigar também a Professora aposentada, porque conforme informação dela "Segundo Nilda, o menino é bom e tranquilo. Eles matam aula para vir pular, brincar, jogar bola" tudo era normal.
 
ALENCAR RIBEIRO ORTIZ em 24/08/2011 08:15:57
E mais uma vez a culpa é da escola... essa adolescente passa 5 horas do dia dela na escola, e as outras 19h?
a escola deveria ter avisado q a menina faltava às aulas... talves, contudo, se a mae observasse melhor a filha, olhasse o caderno de atividades (sim, isso mesmo, adolescente tambem precisa disso)...
se comparecesse às reuniões de pais, se se interessasse pelo menos um pouquinho mais sobre a vida da filha...
se instruísse a filha sobre sexo, amor proprio, respeito a si e aos outros poderia ser diferente....
mas é mto mais facil ficar assistindo novela e culpar a escola...
vamos la! Apedrejem a escola!!
 
Elaine souza em 24/08/2011 07:39:12
PAIS.......prestem atençao nos seus filhos
FILHOS ........valorizem seus pais

Amem, Perdoem......
Estejam unidos na DOR e na ALEGRIA
Isso é uma verdadeira FAMÍLIA

Que tds reflitam o comentário postado pelo sr Oswaldo Benites, se acaso vestirem a ""carapuça"" corra, lute, ainda há tempo, sempre há salvação, mas sejamos rápidos pq a juventude de hoje não é a mesma dos nossos tempos!!!!
Divina Lemos
 
Divina Lemos em 24/08/2011 04:01:21
este é o mundo atual, onde os pais deixam as responsabilidades todas para as escolas e orgão publicos e depois falam que não tem tempo...
 
PEDRO MAZZA em 24/08/2011 03:33:21
Isso é que dá o Estado se meter na educação familiar, já que não dá nem conta dos projetos a nível Estado. Quando se protege bandidinhos, boa coisa não pode dar. A culpa também é dos pais que não não boa educação aos filhos. A colheita boa só depende do tipo de grão que plantamos.
 
Marcelo Max em 23/08/2011 11:55:29
Pois é nossos representantes ainda não viram nada, isso tem muita lenha pra queimar, nossas leis fazem de tudo pra que nossos menores, filhos, sobrinhos, em fim, nossa adolescência fique totalmente desamparada, entregue a sorte, quem a tiver, a sorte, não tem seus filhos entregue a pilantras, canalhas, disfarçados de menores infratores. E não podemos corrigir nossos filhos, isso não, isso ofende, constrangi, deixa nosso filhos psicologicamente indefesos, conversa, nosso pais e avós foram criados assim, e temos o maior orgulho deles. Mas em fim, cuide dos teus filhos quem pode, por que o bicho ta solto.
E agradecer a quem..?. É isso ai continuamos assim...e,..vamos ver onde vamos parar....
 
roberto dos reis em 23/08/2011 08:25:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions