ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Após ficar 5 dias em posto de saúde, idosa morre com pneumonia

Ela deu entrada na unidade no dia 10 de janeiro e permaneceu no setor de urgência

Por Yarima Mecchi | 15/01/2017 11:11

Uma idosa de 88 anos morreu neste domingo (15) após ficar internada por cinco dias na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário. De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher deu entrada no UPA no dia 10 deste mês por conta de complicações da doença de Parkinson e pedras na vesícula.

Segundo o registro feito pelo filho da idosa, Juarez Alexandre da Cruz, de 51 anos, desde que foi internada a mãe ficou na área de urgência por conta de complicações como pneumonia, choque séptico e insuficiência respiratória.

Através de uma ação judicial o MPE (Ministério Público do Estado) obriga a Prefeitura de Campo Grande a não manter pacientes em postos por mais de 24h. O responsável pelo setor de regulação da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), Antônio Lastória, reconheceu a superlotação nos hospitais, mas disse que não pode comentar sobre o caso específico por não ter conhecimento.

De acordo com Lastória, a nova gestão da Sesau está retomando o protocolo de regulação e a Sesau pretende dar mais atenção para a continuidade do tratamento. "A gente fica muito focado no pronto socorro, mas temos que olhar o hospital inteiro. O setor de Atenção a Saúde que faz a regulação. Vamos nos reunir com o secretário do Estado também", destacou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário