A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/06/2016 11:46

Após frio atrasar busca por presentes, Centro enche e tem trânsito confuso

Aline dos Santos e Caroline Maldonado
Na rua 14 de Julho com a Afonso Pena, pedestres têm dificuldade na travessia. (Foto: Caroline Maldonado)Na rua 14 de Julho com a Afonso Pena, pedestres têm dificuldade na travessia. (Foto: Caroline Maldonado)
Frio no começo do dia retardou procura por presentes. (Foto: Alcides Neto)Frio no começo do dia retardou procura por presentes. (Foto: Alcides Neto)

Com uma providencial ajuda do sol e “suportáveis” 15ºC, as vendas começaram a esquentar no Centro de Campo Grande no fim da manhã deste sábado, véspera do Dias dos Namorados. O movimento parecia até fraco, mas aumentou depois das 10h e quem procura presentes tem que ter paciência para enfrentar trânsito lento e procurar vaga para estacionar.

Segundo a gerente da Maube Jóias, Eva Pereira de Souza, o começo do dia foi de pouca procura, mas a situação deve se reverter no período da tarde. “Apesar do movimento fraco no comecinho da manhã, durante a semana foi ótimo e vamos abrir amanhã das 9h às 18h”, afirma.

A expectativa é aumentar as vendas em 10% e a loja funciona até às 19h hoje. Para incentivar os namorados, o comércio fez promoção do par de alianças (de R$ 700 por R$ 399) e de gargantilha de prata com ponto de luz (R$ 42). “É a nossa segunda melhor data”, diz Eva. O Dia dos Namorados só perde para o Natal.

Na loja Bumerang, a gerente Maria Isabel Barbosa espera que o aumento nas vendas chegue a 50%. “Ontem foi muito bom, vendeu bastante. A procura durante a semana foi melhor do que esperava”, diz. A promoção especial para a data é preço único de R$ 89 para as peças jeans.

Também no segmento de vestuário, a Loja Infinity ampliou o horário de funcionamento até às 19h hoje. O kit masculino, com camisa e calça, custa R$ 99. A versão feminina tem blusa e calça por R$ 119.

No cruzamento da Calógeras com Afonso Pena, fluxo grande de veículos. (Foto: Lucimar Couto)No cruzamento da Calógeras com Afonso Pena, fluxo grande de veículos. (Foto: Lucimar Couto)

Stthephani Torrres, 15 anos, encarou o tempo frio para comprar o presente do namorado. “Acho que vale a pena marcar essa data e fazer a surpresa”, diz a adolescente, acompanhada da mãe.

Filas - Além do frio, o sábado teve mínima de 9.6ºC, quem foi à região central enfrentou pontos tradicionais de congestionamento, como na 14 de Julho e na 15 de Novembro. A segunda rua dá acesso ao Mercadão Municipal e Camelódromo.

A reportagem não viu policiais ou agentes de trânsitos nesses locais, apesar dos cruzamentos fechados a todo o momento e veículos na faixa dificultando a passagem dos pedestres. “Achei muita sorte ter conseguido uma vaga assim que cheguei, mas está muito difícil o trânsito”, afirma André Chamorro, que chegou ao Centro às 10h30.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions