ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Artista deve demorar três meses para recuperar tuiuiú destruído durante a chuva

Chuva e vento forte a derrubaram na tarde do último domingo (3)

Por Cassia Modena e Antonio Bispo | 06/12/2023 09:13
Ponta do bico quebrou e uma das asas, também (Foto: Antonio Bispo)
Ponta do bico quebrou e uma das asas, também (Foto: Antonio Bispo)

Uma das três esculturas de tuiuiús que faz parte do Monumento ao Pantanal Sul, instalado em frente ao Aeroporto Internacional de Campo Grande, pode ser vista caída e quebrada no local quase três dias após um temporal derrubá-la.

Chuva e ventos fortes atingiram a região por volta das 15h do último domingo (3), provocando o estrago. Até o início da manhã desta quarta-feira (6), a obra seguia no mesmo local, cercada com fita de sinalização.

A Aena, concessionária que faz a gestão do terminal de passageiros da Capital, informou via assessoria de imprensa, no dia seguinte ao temporal, que conversaria com o autor das esculturas, Cleir Ávila, para tratar da restauração da obra danificada.

Três meses - O artista confirmou que a empresa o procurou na segunda-feira (4) para discutir o assunto. O prazo, os valores envolvidos e a previsão de reinauguração dependem de estudo detalhado, conforme ele disse.

Pela experiência que Cleir teve na última restauração, feita em 2019, e observação feita no local após domingo, ele estima que podem ser necessários cerca de três meses para que a obra seja recuperada.

A assessoria de imprensa informou em nota, nesta quarta-feira, que "se reuniu com o artista autor da obra, que enviará à empresa uma proposta com a estratégia para recuperação do monumento. A pedido do próprio artista, a peça ficará no local do incidente para não haver risco de agravamento dos danos. Os demais problemas causados durante o temporal estão sendo corrigidos".

As aves medem 6 metros de altura por 12 metros de envergadura, segundo informa Cleir em publicação nas redes sociais feita após o último trabalho de recuperação. Um concurso cultural realizado em 2018 escolheu nomes para elas: Zé Bicudo, Majestoso e Asa Branca. As obras representam abastecimento, decolagem e pouso dos aviões.

Carros - Relacionados a outro estrago registrado bem próximo à praça onde ficam as esculturas de tuiuiú, dois de três carros amassados por árvore que caiu em estacionamento privado do aeroporto também seguem no local, cobertos por lona.

Os três veículos atingidos são dos modelos Jeep Compass, Blazer e HR-V (Foto: Antonio Bispo)
Os três veículos atingidos são dos modelos Jeep Compass, Blazer e HR-V (Foto: Antonio Bispo)

Ainda no dia seguinte ao temporal, a Aena informou que iria orientar a administradora do estacionamento a acionar a empresa seguradora para ressarcir os danos aos proprietários.

O Campo Grande News tentou contato com o dono do estacionamento para saber sobre as medidas já tomadas, mas sem sucesso.

Matéria atualizada às 12h51 para inserir nota da Aena.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.


Nos siga no Google Notícias