A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

13/12/2016 15:44

Árvore cai, interrompe trânsito e atinge três carros na região central

Ângela Kempfer e Christiane Reis
Vidro de Gol preto quebrou.Vidro de Gol preto quebrou.

Uma árvore da espécie Pata de Vaca caiu durante a chuva desta tarde na Rua Joel Dibo, em frente ao Sesc, quase no cruzamento com a Rua 26 de Agosto. Os galhos atingiram 3 veículos estacionados.

O tronco ficou atravessada no meio da rua e interrompeu o trânsito, mas os bombeiros já estão no local providenciando a remoção.

Um Gol preto teve o vidro traseiro quebrado. Outros dois veículos, um Sandero e um Fiesta, ainda estão sob os galhos. Por isso, não há como saber a dimensão do estrago.

As 3 proprietárias dos carros disseram que vão acionar a Justiça e pedir ressarcimento à prefeitura.

O arquiteto Roberto Magalhães, de 53 anos, mora na casa onde a árvore ficava na calçada. Segundo ele, foi plantada há cerca de 30 anos pela prefeitura, mas nunca houve manutenção e acabou consumida pelos cupins. “Há muito tempo eu peço para a prefeitura vir cortar, mas não adianta. Tenho observado que muitas árvores do bairro estão comprometidas”, reclama.

A aposentada Gláucia Brito Rodrigues, 72 anos, também mora na Rua Joel Dibo e concorda que a situação das árvores “tá feia”.

Dona do Gol preto, que não quis ser identificada, diz que foi levar a filha ao Instituto Mirim e quando voltou teve a surpresa desagradável. “Não tenho seguro, vou ter de pagar para arrumar e entrar com processo pedido de ressarcimento”, avisa.

Pamela Flávia Calaça, de 31 anos, é professora e dona do Fiesta preto que ainda está sob a árvore. “Os cuidadores da rua entraram no Sesc para avisar por volta de 14h40. Felizmente tenho seguro, mas também vou pedir ressarcimento”.

Jéssika Ragazzzi, de 21 anos, é proprietária do Sandero e resumiu o prejuízo com uma palavra: “Revolta”

Fiesta ficou debaixo dos galhos.Fiesta ficou debaixo dos galhos.


Olha, não é a primeira vez que isso acontece. No local funciona uma escola e muitas crianças estão correm risco maior. Aqui em Campo Grande infelizmente só resolvem os problemas quando acontece uma tragédia e os responsáveis são confrontados pela mídia. Quantas arvores do Horto Florestal já caíram e deram prejuízos, que felizmente, apenas materiais e ninguém se prontificou a estudar as condições delas (árvores).
 
erick douglas do prado almeida em 13/12/2016 16:24:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions