A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/03/2012 21:41

Base Aérea promove treinamento contra incêndios florestais

Elverson Cardozo e Francisco Júnior
No total, 46 militares participaram do treinamento. (Foto: Francisco Júnior)No total, 46 militares participaram do treinamento. (Foto: Francisco Júnior)

Militares de todo o Brasil participaram nesta sexta-feira (2) de um treinamento contra incêndios florestais, realizado pelo primeiro grupo de transporte de tropas da Base Aérea de Campo Grande. A simulação - que acontece a cada 6 meses - foi feita em uma propriedade rural na saída para Terenos, a 13 quilômetros da Capital, e durou cerca de duas horas.

No total, 46 militares participaram do treinamento, que está sendo realizado desde o dia 29 de fevereiro. O objetivo é reciclar a tropa e capacitar novos pilotos e militares.

Para a ação, os militares utilizaram um equipamento americano que tem cinco tanques e capacidade para 11 mil litros de água. Uma árvore sinalizou a área em que um incêndio ocorria.

A bordo de uma aeronave “Hércules C130”, uma equipe sobrevoou, a cerca de 50 metros do chão, a localidade que serviu como ponto de simulação. Eles jogaram água no pasto, mas não diretamente no foco de incêndio.

A idéia é fazer com que as chamas não se alastrem e equipes que ficam em solo possam dar continuidade ao combate. Dentro da aeronave fica um militar responsável para acionar o equipamento, de acordo com as coordenadas do piloto.

Equipamento vem acompanhado de um compressor e duas piscinas com capacidade para 22 mil litros. (Foto: Francisco Júnior)Equipamento vem acompanhado de um compressor e duas piscinas com capacidade para 22 mil litros. (Foto: Francisco Júnior)

O sistema de vazão do equipamento - que vem acompanhado de um compressor e duas piscinas com capacidade para 22 mil litros - é tão forte que em 10 segundos os 11 mil litros de água são liberados.

Segundo o tenente coronel Marco Antônio Parreira, Mato Grosso do Sul é ideal para esse tipo de ação, isto porque é possível fazer simulações em dois tipos de terreno característico do Estado, o montanhoso e o plano.

A última vez que a Base Aérea precisou utilizar a aeronave “Hércules C130” foi em setembro do ano passado, em Brasília (DF). Na época, vários focos de incêndios foram registrados na localidade.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba segue sendo realizada
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


GOVERNO FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL, SE INTERAJAM E ORIENTE OS PROPRIETÁRIOS RURAIS, QUE DEVEM RESPEITAREM O MEIO FLORESTAL, DIVIDINDO OS, FAZENDO CONTRA FOGOS, COMO FAZIAM OS CANAVIEIROS, NAS RESERVAS, QUE NÃO PRECISAM DESSES GASTOS DESNECESSÁRIOS, PRECISA OS EXECUTIVOS CORRIGIREM E ORIENTAREM OS RURALISTAS, PREVENÇÃO É MELHOR DO QUE CURAR, DEUS ABENÇÕEM.
 
PEDRO BRAGA em 03/03/2012 09:45:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions