A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/11/2013 14:30

Buraco volta a abrir e faz nova vítima na Antônio Maria Coelho

Bruno Chaves e Lidiane Kober
Prejuízo inicial é de R$ 1 mil, afirma perito de seguradora (Foto: Marcos Ermínio)Prejuízo inicial é de R$ 1 mil, afirma perito de seguradora (Foto: Marcos Ermínio)

O mesmo buraco que “engoliu” dois carros na Avenida Antônio Maria Coelho, quase esquina com a Rua Paraíba, no dia 22 de outubro deste ano, fez uma nova vítima nesta terça-feira (12), depois do temporal da última noite.

Por volta das 13h desta tarde, a trabalhadora Olyntha Maria da Silva, 83 anos, passava devagar pelo local quando ocorreu o incidente. “Estava bem devagar quando de repente cai naquela panela gigante”, reclamou.

A idosa disse que passava água pelo asfalto e não foi possível ver a cratera. “Levei um susto danado. Os políticos têm que parar de roubar o dinheiro do povo e fazer direito o trabalho de cuidar da cidade”, disse.

Por coincidência, no momento do incidente passava um perito da seguradora de Olyntha. Yan Pereira parou e chamou o guincho. Ele contou que será necessário trocar o para-choque, farol dianteiro, para-lama e talvez pneus do VW Fox.

“Isso sem ver a parte inteira. O prejuízo é de no mínimo R$ 1 mil”, contou.

A idosa disse que sempre foi organizada e que possui seguro, “mas a prefeitura tem obrigação de pagar”. Ela afirmou que entrará com uma ação na Justiça para que o Executivo custeie a franquia.

Esse é pelo menos o terceiro carro a cair no local. Com as chuvas do mês passado, dois veículos caíram na cratera.

O auxiliar administrativo do Ceon (Centro Especializado em Oncologia), Marco Antônio Veroneze, falou que desde quarta-feira passada está ligando para a prefeitura alertando sobre o risco de abertura do buraco.

“Ele chegou a ser fechado no mês passado, mas não fecharam direito. Como fica bem na entrada da clínica, ambulâncias e carros passam toda a hora”, comentou.

O rapaz ainda disse que ligou hoje para a prefeitura, mas foi maltratado. “Estou fazendo meu papel de cidadão porque estava preocupado. Mas eles disseram: ‘você não sabe que tem buraco em toda cidade? Não sei que dia vai fechar’”.

Uma equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) chegou ao local às 13h50, depois que funcionário do Ceon ligou para a prefeitura e disse que chamaria a imprensa.

De acordo com o agente Pelegrini, equipes da agência estão percorrendo toda a cidade e as ocorrências mais registradas são de buracos e semáforos danificados.

“Em uma hora e meia nós já tínhamos atendido três semáforos desligados. A prioridade é onde o fluxo é maior”, garantiu.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions