A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/06/2016 13:56

Câmara aprova LDO 2017 com 78 emendas e estimativa de R$ 3,5 bilhões

Crescimento estimado é de 3,16% em relação ao exercício anterior; Saúde terá só 20 %

Michel Faustino e Alberto Dias
Lei de Diretrizes Orçamentárias foi aprovada na Câmara Municipal em primeira discussão nesta terça-feira. (Foto: Arquivo)Lei de Diretrizes Orçamentárias foi aprovada na Câmara Municipal em primeira discussão nesta terça-feira. (Foto: Arquivo)

A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2017, que projeta para o próximo ano receitas na ordem de R$ 3,5 bilhões para Campo Grande foi aprovado em primeira discussão nesta terça-feira (28) pela Câmara Municipal com 78 emendas. A LDO 2017 prevê um crescimento de 3,16% em relação ao exercício anterior.

O relatório oi lido em plenário pelo relator da proposta, vereador Mario Cesar (PMDB), que recebeu 147 emendas, sendo 110 apresentadas pelos parlamentares e 37 em nome da Casa de Leis. Por conterem o mesmo tema, as 147 emendas foram condensadas em 87 no total.

“Dessas 87 emendas condensadas, nove estavam prejudicadas por não estarem de acordo com a legislação vigente e foram retiradas. Dessa forma o relatório final passou a contemplar 78 emendas”, ressaltou o parlamentar.

Segundo Mário César, entre as emendas propostas, consta a vontade do Legislativo de acompanhar mensalmente o impacto financeiro dos aumentos salariais e que a previsão deste impacto seja enviada pela Prefeitura para os três anos sequentes a cada reajuste.

Outro ponto é quanto aos investimentos em saúde, uma vez que a previsão de 20% é menor que os quase 30% do orçamento aplicados atualmente nesta área.

Único vereador a discutir a proposta, o vereador Eduardo Cury (SD) criticou a redução na área da saúde, que em anos anteriores chegaram a ter previsão de 36% no orçamento.

“Me preocupa esse índice baixo pelo fato desse investimento ser baixo para uma área tão importante. Mesmo com uma previsão maior em anos anteriores ainda não foi possível suprir a demanda”, comenta.

A proposta foi protocolada pelo Poder Executivo na Casa de Leis no último dia 15 de abril e no último dia 12 de maio, os parlamentares realizaram Audiência Pública para debater o projeto da LDO 2017 junto com a população e a sociedade civil organizada. A previsão é de que a proposta seja apreciada em segunda discussão e votação na próxima semana.

 

Vereadores votam diretrizes para o orçamento 2017 nesta terça-feira
A Comissão de Orçamento de Finanças da Câmara Municipal votam nesta terça-feira o projeto LDO 2017, com diretrizes para o orçamento de Campo Grande p...
Projeto da LDO 2017 é fechado com 87 emendas a serem votadas na terça-feira
A Comissão de Orçamento de Finanças da Câmara Municipal finalizou nesta segunda-feira (27) o documento que será lido na sessão de amanhã da Câmara Mu...
Homem é ferido a tiro em saída de pagode no Bairro Taquarussu
Giovani Rodrigues Barbosa, 22 anos, foi baleado no tórax na saída de um pagode, na madrugada deste domingo (18), na Avenida Presidente Ernesto Geisel...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions