A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/02/2015 11:45

Campanha junta preservação do meio ambiente e solidariedade na Capital

Ricardo Campos Jr.
Keffler com a cadeira que ele doou (Foto: Alcides Neto)Keffler com a cadeira que ele doou (Foto: Alcides Neto)

Quando o assunto é ajudar o próximo, o estudante Keffler Pettine, 16 anos, é exemplo mesmo com a pouca idade. Ele conseguiu uma cadeira de rodas para colaborar com uma campanha e, sem pedir ajuda, a carregou debaixo de chuva para fazer a entrega. Essa ação é desenvolvida pelo Cebrac, onde o jovem estuda. Ela é aberta a toda a sociedade e basicamente consiste na venda de latinhas de alumínio a empresas de reciclagem, tornando possível a compra de equipamentos como aquele. Doações do material são aceitas.

“Eu falei, mas ninguém acreditou que eu ia conseguir trazer a cadeira. Dois dias depois eu apareci com ela na escola. Todos ficaram surpresos e eu fui parabenizado. Eu gosto, faço o possível e o impossível para ajudar”, contou ao Campo Grande News.

Ninguém precisou pedir ou exigiu que o garoto corresse atrás do equipamento, até porque a iniciativa envolve a doação de latinhas. Mas, tão logo a campanha foi aberta, ele estipulou uma meta pessoal e começou a contatar conhecidos em busca de ajuda. O item custava R$ 400 e ele conseguiu metade. “Trabalhei alguns dias e inteirei o dinheiro, paguei o restante e levei a cadeira”, relata.

Agora o garoto tem um novo objetivo e pretende juntar três mil latas para ajudar na compra de outros equipamentos. “Eu gosto de mostrar que quando uma pessoa quer fazer algo, ela é capaz, não precisa colocar desculpa e pretexto”, afirma.

Todas as cadeiras compradas por meio da campanha são entregues a pessoas necessitadas ou entidades que lidam com idosos e deficientes. Keffler fará questão de acompanhar as doações, assim como fez na edição da Eco Cebrac do ano passado.

“Ano passado eu entreguei a cadeira para uma menina com câncer. Ela chorou, pois estava precisando. A gente se emociona. Em todas as campanhas eu participo. Às vezes eu nem tenho tempo, mas eu dou um jeito, arrumo uns horários”, relata o estudante.

 

Josiene, diretora da escola, diz que toda ajuda é bem vinda (Foto: Alcides Neto)Josiene, diretora da escola, diz que toda ajuda é bem vinda (Foto: Alcides Neto)

Josiene Becker, diretora pedagógica do Cebrac, explica que a meta é conseguir pelo menos 30 cadeiras, quantidade comprada durante a ação de 2014. Cada equipamento “custa” 110 quilos de latinhas de alumínio, o que vai dar em torno de 11 mil latas. Ao todo, eles precisam conseguir mais de 330 mil unidades do material reciclável para atingir a meta.

“Até agora nós temos quatro cadeiras [contando com a de Keffler]. A campanha vai até dia 30 de março. Na verdade, a ideia é trabalhar o maior número de pessoas possível, ter um alcance grande. Nós entramos nas salas, divulgamos fotos, vídeos e incentivamos através da gincana para que os alunos façam a divulgação nos bairros onde moram e estamos fazendo uma chamada com os colaboradores da empresa. Temos bons resultados”, relata.

Como rede franqueada, todas as unidades Cebrac do Brasil realizam essa campanha. A unidade de Campo Grande ficou em segundo lugar no ano passado na quantidade de cadeiras compradas, perdendo apenas para Uberlândia (MG). “São 70 unidades atualmente. Ano passado ganhamos um selo de escola sustentável pelos números que alcançamos e queríamos conseguir de novo esse ano”.

Para Josiene, Keffler representa o grande objetivo da campanha. “Fazer com que o jovem olhe para o próximo, para auxiliar, cuidar do meio ambiente. A missão da escola é desenvolver pessoas, desenvolver cidadãos. Não é apenas ensinar um conteúdo técnico, mas ir além. Quem dera se a gente conseguisse uns dez, vinte Kefflers”, comenta.

Quem desejar participar, pode fazer a entrega das latas na própria sede do Cebrac na rua 13 de maio ou ligar para a escola pelo 3301-3000 nos casos de pessoas que não têm como chegar até a escola. “Nós vamos até eles”, garante Josiene. Seja com uma unidade ou uma dúzia, toda ajuda é bem vinda e o meio ambiente agradece.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions