ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Campo Grande fica com 1,2 mil testes rápidos distribuídos nesta terça em MS

Testes para coronavírus são para profissionais de saúde e de segurança pública dos 79 municípios

Por Izabela Sanchez | 07/04/2020 09:54
Cada caixa tem 20 testes rápidos que realizam diagnóstico em no máximo 30 minutos (Foto: Saul Schramm/SES)
Cada caixa tem 20 testes rápidos que realizam diagnóstico em no máximo 30 minutos (Foto: Saul Schramm/SES)

Após período de validação do Ministério da Saúde, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) começa a distribuir nesta terça-feira (7) 6 mil testes rápidos para diagnosticar a presença do novo coronavírus no organismo. Todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul recebem testes. Campo Grande fica com a maior parcela: 1.200 unidades.

Este teste é voltado exclusivamente a profissionais de saúde e profissionais de segurança pública, por realizarem serviço considerado essencial e precisarem, caso não sejam diagnosticados com Covid-19, voltarem rapidamente ao trabalho.

Cada caixa recebida pela SES tem 20 testes, conforme explicou ao Campo Grande News o secretário estadual de saúde Geraldo Resende. “Todos os municípios do Estado vão receber, desde cidade que vai receber só 1 caixa com 20 testes até Campo Grande que vai receber a maior parte, 1.200”, comentou.

Validação – Todos os testes recebidos pelo Ministério da Saúde e distribuídos aos governos estaduais foram comprados na China, origem da pandemia de Covid-19, no final do ano passado.

Conforme o secretário, a validação de qualidade é necessária pois nesse momento diversas indústrias estão desenvolvendo esse tipo de teste e é preciso certificar que ele de fato vai funcionar no diagnóstico.

Antes de começarem a ser distribuídos no Brasil os testes passam por análise da qualidade pelo INCQS (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde), da Fiocruz.

Como funciona – Para realizar o teste, o profissional de saúde ou de segurança pública precisa apresentar sintomas. O teste é realizado entre o sétimo e décimo dia do surgimento dos sintomas de Covid-19.

Para isso, coleta-se uma gota de sangue, a exemplo da medição de glicemia (taxa de açúcar no sangue). A partir desta gota de sangue é possível detectar a presença de anticorpos (IgG e IgM), que são defesas produzidas pelo corpo humano contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), que causa a infecção Covid-19. Os resultados deste teste saem praticamente na mesma hora, duram cerca de 15 a 30 minutos.

Esta é a distribuição das primeiras 500 mil unidades, em todo o Brasil, do primeiro lote de um total de 5 milhões de testes que foram comprados pela empresa Vale e doados ao Ministério da Saúde. Em Mato Grosso do Sul, além das unidades recebidas pelo governo federal, a SES também realizou a compra de 10 mil unidade testes, mas o processo ainda está em andamento.

A distribuição fica a cargo do COE (Centro de Operações de Emergência), mas deve priorizar os hospitais que atendam casos da doença causada pelo coronavírus.