A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/02/2013 09:57

Candidatos a financiamento no Fies viram a noite em fila por senha

Paula Maciulevicius e Mariana Lopes
Teve acadêmico que chegou às 7h da noite e mãe de estudante que madrugou. (Foto: Luciano Muta)Teve acadêmico que chegou às 7h da noite e mãe de estudante que madrugou. (Foto: Luciano Muta)

A noite deles foi passada ali, no improviso. Deitados na calçada na rua Ceará, em frente à Uniderp/Anhanguera, pelo 10 candidatos ao Fies (Fundo de Financiamento do Ensino Superior) viraram a noite para conseguirem ser atendidos. É que o limite é de 100 senhas por dia. No início da manhã aquela pequena fila de pessoas que dormiram ali, já tinha se multiplicado e a maioria, de novo, não ia chegar ao guichê de atendimento. A espera já fazia a fila dar a volta, sair da porta do Centro de Atendimento Acadêmico, passar pela cantina e voltar ao Centro. Um 'caracol' de pessoas e cadeiras.

Teve acadêmico que chegou às 7h da noite de ontem e mãe de estudante que madrugou e está em frente à universidade desde as 3h da manhã. O portão só abriu 5h. O jeito foi deitar como dava, se enrolar na coberta e esperar. Quando os portões se abriram, se acomodar ficou mais fácil. As cadeiras viraram cama e o descanso merecido para quem está as últimas 12h guardando lugar na fila.

O estudante Leonardo da Silva, 18 anos, que vai começar a fazer Serviço Social conta que resolveu passar a noite pela experiência anterior. “Eu já cheguei 5h da manhã e não consegui pegar senha, então resolvi chegar à noite mesmo”. É a terceira vez que ele vai ao Centro de Atendimento Acadêmico para regularizar a situação quanto ao pedido do Fies.

O jeito foi se acomodar como dava, em cadeiras ou deitar no chão mesmo, como a maioria passou a noite. (Foto: Luciano Muta)O jeito foi se acomodar como dava, em cadeiras ou deitar no chão mesmo, como a maioria passou a noite. (Foto: Luciano Muta)

Dormir no chão ou nem pregar os olhos nem é a reclamação principal. “Os funcionários informam a gente muito mal. Esta é a sétima vez que eu estou vindo aqui. Cada vez é um papel diferente que eles pedem”, lamentou a estudante de Medicina, Ieda Vilela, 39 anos. A futura médica chegou hoje à universidade 3h da manhã, entre todas as idas e vindas, ela já foi parar na Ouvidoria da instituição e do Procon.

“Eles deveriam distribuir senhas e ir marcando, agendar um horário para você durante a semana, para não ter que vir todo dia. Eu estou perdendo trabalho por causa disso”, completa Ieda.

O problema se agrava para quem vem de fora, como é o caso da Rosa Delmonti, 37 anos. Ela veio de Jardim e chegou hoje às 5h da manhã para acertar as pendências do financiamento para a filha que quer estudar Direito. Ontem ela também veio, mas foi embora de mãos vazias porque a senha já tinha chegado ao fim.

“Eu não sei se eu vou ser atendida, mas estou contando com a palavra da universidade. Ontem à noite eles disseram que eu poderia retornar que seria atendida normalmente”, diz.

Leonardo da Silva, 18 anos, resolveu passar a noite pela experiência anterior, de chegar e não conseguir senha. (Foto: Luciano Muta)Leonardo da Silva, 18 anos, resolveu passar a noite pela experiência anterior, de chegar e não conseguir senha. (Foto: Luciano Muta)

A artesã Vera Lúcia Andrade da Silva, 43 anos, veio de Camapuã para resolver a matrícula do filho em Agronomia. Chegou as 4h40 da manhã e já tinha mais de 100 pessoas na frente. “É a terceira vez que eu venho e não consigo atendimento. Não aguento mais ficar viajando, é complicado chegar um dia antes e passar a noite. Pelo tamanho da instituição, é muita falta de organização e respeito com os acadêmicos”, ressaltou.

O coordenador do departamento de controle acadêmico da universidade, professor Emerson Corazza, explica que o Fies pode ser pedido ao longo do semestre e que a fila tem sido extensa porque os alunos ficam preocupados com a data emitida pelo Governo Federal no formulário.

“São datas de controle da validade daquele formulário, aí os alunos estão procurando como se existisse o prazo, mas não existe. Basta só atualizar do formulário no sistema”, diz Corazza.

A Uniderp/Anhanguera informou que a partir de hoje começou a distribuir senhas para os próximos dias. “Hoje já estamos entregando senha para que eles possam vir pós-carnaval”, completa.

A orientação da universidade é para que os candidatos leiam com atenção o formulário de preenchimento e faço corretamente conforme as orientações. “Na renda o aluno não pode arredontar, ele precisa por até os centavos, porque confronta na hora de conferir com os documentos”, finaliza o coordenador.



Tem gente que sofre porque quer! o Fies pode ser solicitado até no final do semestre! E se faltam documentos é porque não observaram todas as informações necessárias! é só entrar no site do Fies e LER minha gente.... vou fazer o meu em abril ou maio... Amanhece na rua kem ker!
 
Sabrina Coelho em 15/02/2013 00:35:54
VERGONHAAAAA
Cheguei na Uniderp às 02:00 da manhã, fiquei na calçada como se fosse uma mendiga quando foi 05:00 horas entrei na universidade, se acomodei como dava em algumas cadeiras, peguei a senha de número 038 e mesmo com tudo isso ainda sai de lá às 16:00, descaso total, falta de respeito com ser humano, afinal nada ali é de graça pagamos por tudo aquilo e ainda temos que passar por esse tipo de situação, sem falar que esta foi a quinta vez que fui lá nas outras vezes como sempre as senhas acabavam antes de chegar em mim.
 
Kamila de Souza Marques em 05/02/2013 21:16:15
VERGONHA!!!
 
Daniela Leal em 05/02/2013 16:26:32
Eu fiz o financiamento na última sexta-feira, e cheguei às 04:50 e peguei a senha 77. Eu fui embora às 22:10. Eu sei que parece absurdo, mas no Brasil é assim mesmo. Em outros estados está acontecendo a mesma coisa. Tudo exige um sacrifício. E lá na frente, assim espero, terei minha recompensa.
 
Paulo Sandim em 05/02/2013 15:45:15
Parece um tipo brincadeira,mas acabei de chegar em agora as 15 hs estou desde as seis da manhã de hoje.vi pessoas que estavam na fila desde do dia de ontem das 7 horas da noite.e foram pegar senha hoje.Uma coisa chata quando acabou as 100 senhas ninguem nos avisou nada e tinha entorno de 600 pessoas ainda na fila.achei uma palhaçada,foi preciso pessoas ligarem para os jornais ,para as emissoras de televisão e ate para a policia para ver se conseguia ser atendida
cara não é por que tentamos uma bolsa que devemos passar por isso,pois não esta sendo de graça,pois assim que terminarmos a faculdade a nossa graduação teremos um prazo de 1 anoe 8 meses para começarmos a devolver esse dinheiro para o governo.
Para que tanta humilhação perante nós.
 
JESSICA ARDAYA em 05/02/2013 15:13:02
E ainda depois desse sofrimento todo, chegamos ao banco para levar o restante dos
documentos e não aceitam por causa que estão em greve dos vigilantes.
 
Regiane Dutra em 05/02/2013 13:39:28
Não tem outro jeito, não é questão de humilhação, o que ocorre é que estão ''dando dinheiro'' para estudarem, isto deve demorar um tempo, ate gerar contrato e tudo mais.
A pouco tempo muita gente nao teve este mesme beneficio, e hoje temos. Mais querem tudo nas pressas e a mídia ja alfineta ainda mais, claro. Agora peguem esse dinheiro e façam o curso de forma a querer algo, nao fiquem querendo só sair por ai falando que estao na faculdade nas festinhas, e com dinheiro emprestado ainda por cima, mostra para seus pais quem irá ajudar eles no futuro, corram atras, sempre respeitando a todos, claro.
 
Rodrigo Furlan em 05/02/2013 13:38:03
NO ANO PASSADO TIVE QUE IR POR VARIAS VEZES COM MEU FILHO PARA QUE ELE PUDE-SE CONSEGUIR O FIES,POR INCRIVEL QUE PAREÇA SEMPRE FALTA ALGO, MESMO QUE A PESSOA QUE TE ATENDA SEJA A MESMA.TALVEZ PARA A INSTITUIÇÃO SEJA MELHOR ASSIM .POIS COMO TODO MUNDO COMENTA . FALA RECLAMA, ELA ESTA NA MIDIA.SÓ NÃO SEI DIZER SE ISSO E BOM OU RUIM.
 
ALAIR DE ARRUDA ECHEVERRIA em 05/02/2013 13:29:42
Eu to de boa de enfrentar essa fila, paguei minha Matricula e la por Março/Abril eu solicito o FIES a partir de 01/2013, segundo informações eles devolvem o valor pago na matricula ou parte dele menos custas administrativas o importante é não parar de estudar e não passar RAIVA 'a espera de um milagre', porque isso não ocorre.

é só se informar! ;)
 
Giullyano Rocha em 05/02/2013 13:06:46
Hj estive com minha filha na Uniderp-Anhanguera é lamentável ter que passar por td isso,é uma falta de organização sem fim com as pessoas que chegam a passar a noite ali,sem contar com os pais que vem de fora para fazer o Fies,poderiam no minimo ser mais atenciosos e dar a informação mais precisas,sem contar com o numero de senhas que é minima,para uma Universidade que tem uma estrutura gigantesca chega ser vergonhoso para os universitário e os pais.



 
marli lima marcal em 05/02/2013 12:46:07
A UNIDERP desde o momento que troucou de gestão teve um nível de queda muito grande. Era uma das melhores, todavia está entre uma das piores nos ultimos anos. Ensino fraco, estrutura antiga, funcionários muito mal educados sem o mínimo de humanidade nos atendimentos e agora essa falta de organização e consideranção tão grande com seus (fiéis) acadêmicos.
 
Maria Casagrande em 05/02/2013 12:42:09
graças a deus me livrei da anhanguera e fui pra ucdb
 
juliana nabuco em 05/02/2013 12:10:08
VERGONHOSO

VERGONHOSO

VERGONHOSO




NEI SALVIANO
saude e qualidade de vida
 
nei salviano em 05/02/2013 12:03:30
isso é um descaso com os alunos.. eu mesmo tentei ir la mais de 4 vezes para entregar um unico papel e nao consegui nem chegar na porta.. e ainda presenciei pessoas passando mal e desmaiando por conta de estarem horas na fila... uma verdadeira falta de organização e atenção com as pessoas que sustentam a universidade que sao os alunos...
 
Ana karla Leal em 05/02/2013 12:01:21
Estuda na Unaes :D
 
Aline Portilho Goncalves em 05/02/2013 12:01:05
Meu Deus SEnha+ FIES que conversa errada hein.
Fies não precisa de senha nem de fila e sim de computador+internet+site fies, além do mais e algo que pode ser pedido o ano todo basta a faculdade ter R$ para isso disponibilizado.
 
Rodrigo Lima em 05/02/2013 11:43:28
Lamentável isso, infelizmente no Brasil, pra tudo temos que enfrentar filas, e o pior ter que amanhecer no local.


 
Katiusce Cunha em 05/02/2013 11:03:32
Anhanguera é semelhante a BAGUNÇA! que loucura isso aê!!
 
Wilson Oliveira em 05/02/2013 10:52:08
eita nós passei por isso infelizmente para quem não tem condição tem que passa por essa humilhação como eu passei tambem e o unico jeito da gente de classe hulmide pode estudar mas não vao desiste galera bola para frente.
 
AMARAL ASSUNCAO em 05/02/2013 10:42:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions