ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  12    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Carreta ainda ocupa metade da pista onde pai e filho morreram

Acidente ocorreu por volta das 19h de ontem (1°); vítimas ficaram presas às ferragens

Por Kerolyn Araújo e Bruna Marques | 02/07/2020 09:00
Carreta continua no local do acidente; calcário ficou esparramado na pista. (Foto: Kísie Ainoã)
Carreta continua no local do acidente; calcário ficou esparramado na pista. (Foto: Kísie Ainoã)


Carreta Mercedes-Benz, que tombou na noite de ontem (1°) em estrada vicinal próxima ao anel viário, no sentido da BR-163 para saída para Cuiabá, continuava ocupando metade da pista na manhã desta quinta-feira (2). O acidente resultou na morte de Eugênio Zamigman, 52 anos e o filho, Kevin Wilde Zamignan, 26 anos.

Nesta manhã, o calcário que era transportado por pai e filho na carreta, estava esparramado pela rodovia. Como o macroanel da BR-163, na região do bairro Nova Lima, ainda está em construção, quase não há tráfego de veículos no trecho. Funcionários de uma empresa de guincho estão no local do acidente para fazer a retirada da carreta.

Eugênio Zamigman, 52 anos e o filho, Kevin Wilde Zamignan, 26 anos. (Foto: Idest)
Eugênio Zamigman, 52 anos e o filho, Kevin Wilde Zamignan, 26 anos. (Foto: Idest)

O acidente ocorreu por volta das 19h, após Eugênio, que conduzia a carreta, perder o controle da direção depois bater em um amontoado de areia que impedia a passagem de veículos pelo local.

A carreta parou com as rodas para cima e pai e filho ficaram presos às ferragens. Eles foram retirados do veículo já sem vida. Os corpos seguem no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal).

Eugênio e Kevin carregaram o veículo com Calcário em Bodoquena e seguiam para Gabriel do Oeste, cidade onde moravam.