A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/12/2015 12:40

Carro invade contramão, bate em moto e mata motociclista de 16 anos

Renata Volpe Haddad e Filipe Prado
Adolescente estava em horário de trabalho. Ele sofreu traumatismo craniano encefálico.  (Foto: Simão Nogueira)Adolescente estava em horário de trabalho. Ele sofreu traumatismo craniano encefálico. (Foto: Simão Nogueira)

Luís Fernandes Marquês Aragão, 16, morreu após a moto que pilotava ser atingida por um carro, por volta de 12h15 deste sábado (12) na avenida Presidente Vargas, Bairro Santo Amaro.

O adolescente estava em uma Honda Titan de cor prata, era funcionário de uma oficina mecânica e estava em horário de expediente.

Aragão seguia na Presidente Vargas sentido centro, quando o condutor de um veículo WV Gol de cor vermelha, que estava no sentido contrário realizou uma conversão e colidiu com a moto.

Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Corpo de Bombeiros foram acionadas, porém, ao chegarem no local, o jovem já estava morto. Ele sofreu TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) grave.

A família do adolescente está no local e está bem abalada. O motorista do Gol ficou para prestar socorro, mas saiu do lugar para evitar quaisquer tumulto.

A dona de casa Eunice Amorim, 61, mora próximo a avenida e conta que o cruzamento é perigoso e todo dia tem uma batida. "Já procurei a Agetran para reclamar, mas nunca ninguém fez nada", comenta.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


É espantosa a quantidade de acidentes envolvendo condutores embriagados e/ou sem CNH. Esses acidentes escancaram o óbvio: sem fiscalização nenhuma, o trânsito de Campo Grande chegou ao descontrole total, onde cada um faz o que bem entender sem nunca ser incomodado. Os hospitais estão lotados de vítimas de acidentes, mas o governo, ao invés de colocar policiais nas ruas e implantar "tolerância zero" com motoristas imprudentes, prefere construir um novo hospital dedicado a receber os acidentados (Hospital do Trauma).
 
Luiz Pereira em 12/12/2015 18:11:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions