A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/02/2015 16:50

Casa da Mulher terá capacidade para atender até 250 mulheres por dia

Michel Faustino e Juliene Katayama
Casa da Mulher Brasileira será inaugurada nesta terça-feira. (Foto: Divulgação/Gomes&Azevedo)Casa da Mulher Brasileira será inaugurada nesta terça-feira. (Foto: Divulgação/Gomes&Azevedo)
Unidade irá contar com 126 funcionários, e terá capacidade para atender até 250 mulheres por dia. (Foto: Divulgação)Unidade irá contar com 126 funcionários, e terá capacidade para atender até 250 mulheres por dia. (Foto: Divulgação)

Prevista para ser inaugurada nesta terça-feira (03) a Casa da Mulher Brasileira, no Jardim Imá, na saída para Aquidauana, em Campo Grande, terá capacidade para realizar até 250 atendimentos por dia.

Segundo a secretária de Enfrentamento da Violência contra a Mulher da Secretaria Nacional de Política das Mulheres, Aparecida Gonçalves, a unidade, que será a primeira do país, deve funcionar inicialmente com 126 funcionários. No entanto, segundo ela, a meta é que a Casa funcione com 160 funcionários.

De acordo com Aparecida, a Casa terá capacidade de atendimento inicial de 200 mulheres, que poderá ser ampliada para 250, conforme o aumento no quadro de funcionários. Atualmente a Deam (Delegacia de Atendimento Especializado a Mulher) atende em média 70 mulheres por dia.

“Assim poderemos oferecer um serviço ampliado e com maior fluxo para essas mulheres que necessitem. Seja para fazer uma denuncia ou para buscar justiça. E tudo isso de uma forma rápida e segura”, disse.

Entre os serviços, a Casa da Mulher Brasileira contará com Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), juizado, defensoria, promotoria, equipes dedicadas ao trabalho psicossocial, ações voltadas à orientação para emprego e renda, brinquedoteca e área de convivência. A Fundação Social do Trabalho desenvolverá ações de inclusão produtiva. Haverá uma casa de passagem, onde as vítimas poderão permanecer até 48 horas, enquanto perdurar a situação de risco.

Investimento - O Governo federal investiu R$ 18,192 milhões na construção da Casa da Mulher. O objetivo é transformar Mato Grosso do Sul, um dos campeões nacionais em violência contra o sexo feminino, em referência nacional no combate à criminalidade contra a mulher.

Com 3,7 mil metros quadrados de área construída, o prédio custou R$ 7,937 milhões ao Governo federal. Além disto, o Governo federal vai repassar R$ 9,592 milhões – a serem repassados em três parcelas - na manutenção da unidade pelos próximos dois anos. A administração ficará com a Prefeitura Municipal de Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions