A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/02/2013 14:30

Cena do lixo acumulado se repete em ruas de um bairro inteiro

Paula Maciulevicius e Luciana Brazil
Pneus, restos de material de construção, galhos e muita sujeira dividindo espaço com quem mora e transita pelo bairro Santo Amaro. (Foto: Rodrigo Pazinato)Pneus, restos de material de construção, galhos e muita sujeira dividindo espaço com quem mora e transita pelo bairro Santo Amaro. (Foto: Rodrigo Pazinato)
Entre a calçada e parte da via, o entulho está acumulado há pelo menos uma semana. Além do incômodo, a preocupação com a dengue. (Foto: Rodrigo Pazinato)Entre a calçada e parte da via, o entulho está acumulado há pelo menos uma semana. Além do incômodo, a preocupação com a dengue. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Andar pelas ruas do bairro Santo Amaro seja de carro ou a pé requer atenção da população. Entre a calçada e parte da via, muito lixo acumulado desde que os moradores receberam o aviso de retirar entulho das casas que a prefeitura passaria recolhendo.

A vizinhança das ruas Nioaque e Alcântara Machado divide opiniões. Tem morador que fez um limpa na casa depois do comunicado e tem vizinho que se assustou quando viu o lixo surgir da noite para o dia. Mas agora o incômodo afeta a todos. Há quase uma semana se vê de tudo pela rua, menos o lixo sendo retirado, porque o caminhão da prefeitura que viria, ainda não passou.

Pneus, restos de material de construção, galhos secos, plástico e muita sujeira dividindo espaço com quem mora e precisa transitar pela rua. E em uma época em que Campo Grande vive uma epidemia de dengue, com mais de 17 mil notificações, o medo é de criar o mosquito na porta de casa.

O morador Pedro Bernardes diz que se o lixo não for tirado amanhã, ele mesmo vai retirar. O medo maior é a dengue. (Foto: Rodrigo Pazinato)O morador Pedro Bernardes diz que se o lixo não for tirado amanhã, ele mesmo vai retirar. O medo maior é a dengue. (Foto: Rodrigo Pazinato)

“Inclusive eu estava passando esses dias e vi uma vasilha pra cima. Eu virei para baixo para não acumular água”, relata a professora Marluce Ortega Rosa, 43 anos. A moradora do bairro disse desconhecer qualquer comunicado ou ter visto o caminhão passando para recolher os entulhos.

No trecho próximo a casa do pintor Pedro Bernardes, 54 anos, o lixo apareceu mesmo na sexta-feira, com a promessa de que seria recolhido no sábado. Mas a sujeira continua e preocupado com a tendência de aumentar, ‘seo’ Pedro disse que não vai esperar pelo serviço.

“Se não tirarem amanhã, eu vou tirar porque tem pneu e estou com medo de acumular água”, responde.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz, houve desencontro de informações e por isso parte dos moradores foi avisada a continuar tirando os lixos para fora. Semy explica que uma equipe de limpeza está na região há 10 dias, mas que o trabalho está acumulado, já que o serviço não era feito desde o final do ano passado e juntou com a sujeira provocada pelas fortes chuvas da época.

“A equipe de saúde e de apoio estava fazendo trabalho na região, mas foi deslocada para o Aero Rancho, onde a situação era mais grave, baseado nos indicadores da presença do mosquito da dengue”, explica o secretário.

Como parte da equipe foi deslocada para outra área, a previsão é de que a limpeza seja concluída em duas semanas. “Está um volume muito grande de serviço. Acumulou muito, as pessoas jogam sofá velho, poda de árvore, mas nós continuam com equipe para fazer a coleta”, disse.

Conforme o secretário, o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) que faz a coordenação destes serviços está fazendo as correções para que a população não seja avisada para deixar o lixo se o caminhão não for passar.

A orientação da secretaria é para que os moradores acompanhem o cronograma de limpeza dos bairros pelo site da Prefeitura: http://www.capital.ms.gov.br/.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


A cidade está tomada por mato e lixo. E o Bernal? Não faz nada!
 
Rosiane Lopes Marques Santos em 04/02/2013 18:05:55
E o Bernal???!!!

Não sabe o que faz, está perdido, só reclama dizendo que não o deixam governar...

Tenha dó Sr. Prefeito, primeiro o Sr. deveria escolher melhor seus secretários, pessoas que na vida pública ou profissional não trabalham com honestidade, não merecem um cargo de confiança de nosso município...

Não faço parte de nenhum grupo político, torço para que esta cidade não fique jogada às traças, ruas esburacadas, serviços de tapa buraco mal feitos... mato nas praças e parques da cidade.. fora outros serviços que estão a passo de tartaruga..
 
Odracir Siarom em 04/02/2013 08:41:00
povo porco.
alugue uma caçamba para retirar seu entulho em vez de jogar o lixo na rua
esperando que alguem recolha o seu lixo seus porcos
 
JULIO JUNIOR em 04/02/2013 08:35:41
Como assim a equipe que estava atuando no Santo Amaro foi deslocada para o Aero rancho???? Pelo amor de Deus, esse prefeito parece que está mais perdido que cego em tiroteio, a situação requer emergencia, pq não contratam mais gente?? Estamos chegando a uma epidemia de dengue esses porcarias ficam deslocando para lá e para cá equipes da prefeitura???? VAi ter que morrer um burguês para que medidas extremas sejam tomadas???
ok, vamos esperar!!! A denúncia que eu fiz da vizinhança porca aqui não resolveu nada. Mas fazer o que né? Estamos num país onde as providências são tomadas depois de tragédias. vide Santa Maria-RS
 
Andrea Lucia em 04/02/2013 08:11:13
Da maneira como o senhor criticava, parecia que tudo era má vontade, que era só querer fazer. Agora está experimentando do próprio veneno. Para quem está de fora, criticar é muito fácil, assim como é facil prometer que em 30 dias Campo Grande teria outra cara. Bom... mais realmente.... Campo grande ultimamente tem outra cara, pensando bem, não tem nem cara para apresentar.
 
Paulo Alcantara em 03/02/2013 17:33:13
Jd. Anahy, está acontecendo o mesmo.
 
Raul Martins em 03/02/2013 15:51:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions