A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/07/2011 20:08

Centro é o 6° bairro de maior proporção de idosos do país, segundo Censo

Paula Maciulevicius

Por outro lado, o Noroeste mostra ser o bairro com população mais jovem e fica em 13° entre capitais

Idosos que vivem em meio ao tumulto do centro são 18% da população que habita o bairro. (Foto: Arquivo)Idosos que vivem em meio ao tumulto do centro são 18% da população que habita o bairro. (Foto: Arquivo)

O Centro de Campo Grande aparece no 6º lugar do ranking das capitais brasileiras em número de idosos. A tranquilidade parece estar longe dos planos da terceira idade, movimentado e com características de uma metrópole, a agitação das ruas com carros, pedestre e o comércio é a escolha da maioria dos idosos, do local para se viver.

Dados do Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que dos 11,5 mil habitantes que moram no centro, 18% deles estão acima dos 65 anos. O bairro campo-grandense fica atrás de cinco capitais brasileiras, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e Aracaju.

Do outro lado da moeda, está o bairro mais jovem. Região da periferia, o Noroeste tem 13,1 mil habitantes e o maior percentual de crianças e adolescentes da Capital. Na idade de 0 a 14 anos, o bairro tem 32,7% da garotada morando lá e ocupa o 13º lugar na colocação entre as capitais brasileiras.

A pesquisa atualiza também o bairro mais populoso, o Aero Rancho tem 36,5 mil moradores, em consequência aparece também como o de maior número de domicílios particulares ocupados e não é para menos, a quantidade é maior que da população de Coxim, por exemplo.

Populosos também aparecem dois municípios, Três Lagoas e Corumbá, mas não pelo número de pessoas no bairro e sim dentro de uma casa só.

Na região do bolsão, a cidade de Três Lagoas, distante 338 quilômetros da Capital aparece com média de 4,2 moradores por casa. Situação semelhante na cidade branca, Corumbá, que fica 419 quilômetros de Campo Grande aparece nos dados com a mesma média de habitantes para cada residência.

Os índices bateram até a Capital que tem no Núcleo Industrial a maioria dos moradores dividindo um teto só. Uma média de 3,5 pessoas entre quatro paredes.



O Interessante que o bairro Moreninha (que engloba, além das moreninha o snta felicidade e região) está em 6º lugar e ningúem comentou, e diziam que tinha 80 mil, 60 mil habitantes não chega a 23 mil pessoas. Acabou o mito, e interessante é que a população vizinha o bairro Centro-oeste passou de pouco mais de 8 mil habitantes no ano 2000 para mais de 25 habitantes em 2010, ou seja, está maior que sua vizinha Moreninha.
A fonte é do IBGE censo 2000 e 2010.
 
Jorge Antônio em 05/07/2011 04:49:49
Espero que estes dados do IBGE sirva para as autoridades,ver com os olhos bem aberto este bairro da capital com mais de dez por cento de crianças entre zero a 14 anos,Pois a pobreza que assola o bairro Noroeste é assutador.

 
Maria B. peixoto em 04/07/2011 08:34:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions