A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/12/2011 15:18

Chuva alaga creche, Assembleia e outros locais do Parque dos Poderes

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira

Funcionários trabalham para retirar a água nos órgãos públicos. Pais buscam os filhos

Creche Zé Dú alagou e funcionárias tentaram tirar a água. Bombeiros foram chamados. (Foto: Simão Nogueira)Creche Zé Dú alagou e funcionárias tentaram tirar a água. Bombeiros foram chamados. (Foto: Simão Nogueira)

A chuva forte que cai sobre Campo Grande desde o fim da manhã desta terça-feira já causou alagamentos.

A creche Zé Dú, a Assembleia Legislativa e ruas do Parque dos Poderes estão inundados. Na creche, bombeiros foram acionados para retirar a água e pelo menos sete funcionários ajudam com rodos.

Pais foram avisados e ‘correram’ para buscar os filhos. Duas mães, servidoras públicas que não quiseram se identificar, contaram que sempre que chove forte o imóvel alaga e elas são chamadas para buscar as crianças.

A creche fica abaixo da pista e a água acaba indo para o imóvel, o que resulta no alagamento. A via que passa em frente à creche, Presidente Manoel Ferraz de Campos Salles, com a Rio Doce, está alagada.

Na Assembleia, conforme apurado pelo Campo Grande News, um dos corredores ficou repleto de água e funcionários fizeram a limpeza.

Há alagamentos também na avenida do Poeta, no sentido Centro/ Parque dos Poderes, perto da rotatória de acesso às repartições públicas.

Presidente Manoel Ferraz de Campos Salles, com a Rio Doce, no Parque dos Poderes, ficou alagada.(Foto: Simão Nogueira)Presidente Manoel Ferraz de Campos Salles, com a Rio Doce, no Parque dos Poderes, ficou alagada.(Foto: Simão Nogueira)
Na avenida do Poeta, um 'rio' se formou no sentido Centro/Parque dos Poderes. (Foto: Simão Nogueira)Na avenida do Poeta, um 'rio' se formou no sentido Centro/Parque dos Poderes. (Foto: Simão Nogueira)


como pode uma area como o parque dos poderes alagar as vias pavimentadas só mesmo falta de boca de lobos para coletar a agua da chuva,pois a mata existente no parque absorve boa quantia volume de água da chuva.
 
antonio costa em 07/12/2011 10:07:52
Com a chegada das chuvas, todos os problemas existentes voltam a evidência.
Vamos ver como fica as contenções das enchentes e também a Ernesto Geisel, próximo a Eça de Queiroz.
O trecho da Ernesto Geisel, no bairro Cabreúva está um perigo há tempo, imagine agora com as chuvas?
 
neyde de oliveira em 06/12/2011 07:24:28
Uma pena.
 
marcos marques em 06/12/2011 04:59:37
E é só o começo das chuvas. brevemente saberemos se as obras de contenção das enchentes, realmente funcionam.
 
valter oliveira em 06/12/2011 03:52:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions