ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Chuva alaga CTI inaugurado há 1 mês e HU não tem onde internar bebês

Por Zana Zaidan e Filipe Prado | 22/04/2014 15:21
Água entrou no CTI pediátrico do HU (Foto: Pedro Peralta)
Água entrou no CTI pediátrico do HU (Foto: Pedro Peralta)

Inaugurada há pouco mais de um mês, o CTI (Centro de Terapia Intensiva) pediátrico do Hospital Universitário de Campo Grande, não passou no teste e, com a chuva de hoje (22), ficou completamente alagado. Leitos e aparelhos vitais para a sobrevivência dos pacientes, como respiradores, foram danificados, conta o pai de um dos bebês internados, Estevão Rocha, 45 anos.

Além do filho, de um ano e três meses, outras duas crianças estavam no CTI, acrescenta. “Agora, não sabemos o que será feito, porque a unidade antiga foi desativada, removeram tudo para essa nova, que está tomada pela água”.

Estevão acompanhou o processo de implantação da unidade. O filho, internado há mais de dois meses no HU, ocupava um leito no antigo CTI, antes de ser removido para o novo Centro.

O pai precisou deixar o hospital e, no momento, a esposa, Adriana, aguarda para saber o destino das crianças. Uma das possibilidades é remover os pacientes, temporariamente, para a enfermaria do HU, que não tem estrutura ou equipamentos para dar suporte aos bebês.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com o diretor clínico do CTI, o médico João Cândido, que não atendeu as ligações.

Procurada, a assessoria de imprensa do HU afirmou que não tinha informações sobre o alagamento, e que se manifestaria posteriormente.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário