A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019

09/11/2019 13:26

Chuva chega mais cedo com poste derrubado e alagamentos

Fim do alerta de tempestade não impediu que temporal já causasse estragos no Jardim São Conrado e Santa Emília

Izabela Sanchez
Rua Lojinha, no Jardim São Conrado, onde poste caiu com a força do vento (Foto: Direto das Ruas)Rua Lojinha, no Jardim São Conrado, onde poste caiu com a força do vento (Foto: Direto das Ruas)

O alerta de tempestade emitido pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) para Campo Grande e outros 77 municípios de Mato Grosso do Sul terminou às 9h deste sábado (9), mas não impediu que a chuva forte com vento chegasse mais cedo a dois bairros da Capital. No Jardim São Conrado e Santa Emília a água já provocou estragos.

No São Conrado, na Rua Lojinha, um poste caiu com a força do vento, e moradores dessa rua de terra batida estão sem energia na quadra onde a estrutura foi derrubada. Equipes da Energisa – concessionária responsável pelo serviço -, já realizam serviços no local. É o que explicou uma moradora.

Conforme relatou, a chuva começou por volta das 11h, durou 30 minutos, mas já foi o suficiente para deixar estragos para trás. Ela afirma que na rua atingida há muitas residências, além de uma horta, que ficou alagada. E vem mais chuva por aí, conta, tendo o céu como indicativo.

“Está tudo preto, tudo escuro, querendo chover. Aqui tem bastante buraco, e não tem saúda, vem a enxurrada e a água não desce, fica bem alagada, vira um rio, porque não tem caída e não tem bueiro”, comentou.

Rua Coronel Adauto Barbosa alagada neste sábado (Foto: Direto das Ruas)Rua Coronel Adauto Barbosa alagada neste sábado (Foto: Direto das Ruas)

No vizinho Santa Emília, a mesma chuva alagou a Rua Coronel Adauto Barbosa, onde há muitas residências que também dividem o espaço de uma rua sem asfalto. "Esse cruzamento todo fica uma poça de três dias, sem condições. E agora está tudo fechado, trovejando”, disse a confeiteira Luíza Paula dos Santos da Costa, 29.

Em nota, a Energisa informou que equipes da concessionária foram mobilizadas para a Rua Lojinha. "O fornecimento foi restabelecido para 90% dos clientes em menos de uma hora. A previsão de que até às 18h o restante dos clientes tenha a energia normalizada. A Energisa informa ainda que os postes de madeira serão substituído por postes de concreto ainda hoje".

Previsão - O dia, novamente, promete chuva, de acordo com o Inmet. A água deve cair também no resto do Estado, que tem previsão de temperatura máxima de 35 graus. Em Campo Grande a máxima para este sábado será de 31° e a mínima de 21. Na região leste, Três Lagoas terá máxima de 33 graus e mínima de 21.

No sul do Estado, Dourados e Ponta Porã, na fronteira, apresentam temperaturas mais baixas, com máxima de 29 e mínima de 21, a mesma temperatura de Coxim, na região norte, castigada pelas chuvas que ainda devem cair neste sábado.

(*) Matéria editada 14h30 para acréscimo de informações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions