ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Chuva destruiu asfalto e abriu crateras em várias regiões da Capital

Por Aliny Mary Dias | 19/12/2013 09:18
Maquinário da prefeitura trabalha na limpeza das ruas (Foto: Marcos Ermínio)
Maquinário da prefeitura trabalha na limpeza das ruas (Foto: Marcos Ermínio)

Depois da forte chuva que alagou bairros e destruiu ruas no fim da tarde de ontem (18) em várias regiões da Capital, a manhã de hoje foi reservada para limpeza e contabilização de prejuízos.

Uma das ruas mais afetadas e que teve parte do asfalto levada pela forte enxurrada foi a Frutuoso Barbosa, no Jardim Oracília. Várias placas da pavimentação se soltaram e foram arrastadas pelas águas. É a segunda vez que a via é destruída pela chuva. Há 38 dias, no dia 11 de novembro deste ano, a enxurrada arrastou motocicleta e um botijão e destruiu parte da rua.

Manoel Vitoriano, 73 anos, mora na rua e tem um pequeno comércio. Ele conta que a rua parecia um rio na tarde de ontem e que várias casas foram alagadas. “Minha sorte é que meu comércio é alto, por isso não alagou aqui”, conta.

Um dos problemas trazidos pela chuva no local foi a rede de esgoto que não aguentou a vazão e dejetos estão sendo despejados por uma boca de lobo. “Eu já liguei pra concessionária e ficaram de vir ver, o problema é cheiro ruim”, diz Manoel.

Placas de asfalto foram arrancadas pela água (Foto: Marcos Ermínio)
Placas de asfalto foram arrancadas pela água (Foto: Marcos Ermínio)
Barro e lama tomaram conta de ruas (Foto: Marcos Ermínio)
Barro e lama tomaram conta de ruas (Foto: Marcos Ermínio)

Edney Pereira Mendes, 41, mora na rua há 7 anos e conta que as enchentes são frequentes no local. “Já tinha um remendo do esgoto e daí a água entrou por baixo e levou tudo”, explica.

Outro ponto da cidade bastante atingido pelas chuvas foi a Avenida Capibaribe, no bairro Sílvia Regina. A água subiu tanto que o local parecia um rio, afirmam os moradores. Um dos comércios atingidos pela enxurrada foi o Frango na Brasa.

Conforme o relato de um dos funcionários, a água atingiu todo o estabelecimento e os funcionários tiraram o início da manhã para lavar a loja. Apesar dos problemas, o funcionamento do local deve ser normal nesta quinta-feira.

Cratera foi aberta na Rua Frutuoso Barbosa (Foto: Marcos Ermínio)
Cratera foi aberta na Rua Frutuoso Barbosa (Foto: Marcos Ermínio)

Na esquina da mesma avenida com a Rua Macaé, uma grande erosão às margens do córrego Imbirussu Serradinho se abriu em razão da violência da água.

Trabalhos – Na Avenida Prefeito Heráclito Diniz de Figueiredo na esquina com a Rua Teodomiro Serra, patrolas da prefeitura trabalham na remoção da lama acumulada.

Em alguns pontos como no bairro Jardim Paradiso as máquinas trabalham a todo vapor para limpar as ruas. Em alguns locais como a Rua Youssif Abdulahad, o asfalto foi encoberto pela lama.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário