A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

07/07/2015 14:02

Colisão de moto perto de quebra-mola novo matou atacante da Moreninha 2

Filipe Prado
Leandro era atacante do time do bairro (Foto: Reprodução/Facebook)Leandro era atacante do time do bairro (Foto: Reprodução/Facebook)

O motociclista Leandro Andrade Nunes, 24 anos, que morreu na madrugada de segunda-feira (6) depois de sofrer um acidente de trânsito e atingir um poste na Avenida Cafezais, era atacante do time do Bairro Moreninhas II, o Alecrim Futebol Clube. O rapaz foi enterrado junto com a mãe, que morreu quando ele tinha um ano.

O técnico do time, o aposentado Haroldo Pereira da Costa, 67, contou que conhecia o rapaz há anos, desde que ele era garoto. Ele sempre conviveu com o motociclista e garantiu que ele não tinha “rixa com ninguém”.

Leandro frequentava poucas festas, de acordo com o técnico. Na maioria das vezes, o jovem saia para jogar bola, porém neste final de semana ele resolveu ir a um pagode. “Ele bebeu um pouco e não sabia que tinha dois quebra molas novos ali, então perdeu o controle da direção”, contou.

O velório de Leandro ocorreu no Centro Comunitário do Bairro Moreninhas II, sendo que o enterro estava previsto para o meio da tarde desta terça-feira no Cemitério Santo Amaro. Ele será enterrado na mesma tumba que a mãe.

Acidente - A vítima seguia em uma moto Yamaha Fazer 250, pela avenida, quando colidiu com um poste de iluminação pública. Leandro sofreu vários ferimentos, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Santa Casa, onde morreu.

Até o momento, cinco motociclistas morreram no trânsito de Campo Grande. Em todo o mês de julho do ano passado, quatro condutores de moto morreram na Capital. No total, 39 pessoas vieram a óbito em 2015, sendo 27 motociclistas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions