A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/04/2016 10:01

Com mutirão, transferidos de favela começam a ganhar casa nova

Moradores que foram removidos da Cidade de Deus estão construindo casas em terrenos no Vespasiano Martins

Amanda Bogo
Casas de alvenaria começaram a ser construídas em terrenos para onde famílias de favela foram transferidas (Foto: Fernando Antunes)Casas de alvenaria começaram a ser construídas em terrenos para onde famílias de favela foram transferidas (Foto: Fernando Antunes)

Em esquema de mutirão, começaram a ser construídas casas de alvenaria para moradores transferidos da favela Cidade de Deus, localizada nas imediações do lixão de Campo Grande. Eles foram removidos há um mês do local para pelo menos outras três áreas, uma delas no Vespasiano Martins, na mesma região, onde as obras estão em andamento.

Marcio Lima, morador do local e um dos responsáveis pelo mutirão, conta que as marcações dos terrenos está sendo feito pelos próprios moradores e que tudo está saindo conforme o esperado. “Estamos trabalhando em regime de mutirão e estamos recebendo os materiais necessários. Queremos mostrar a nossa realidade, que aqui está tudo certo”, ressalta.

Há quem reclame da demora e daa falta de materiais para as obras. Mas, não é o caso da moradora Eliane Lopes. “Nós começamos as obras agora, não tem como ter algum atraso. Nós estamos recebendo os materiais e estamos trabalhando dentro do esperado”, diz ela.

Um morador, que não quis ser identificado, diz que existe uma pequena demora na entrega, mas que os materiais estão chegando. Já a moradora Mariana Gonçalves relatou que o principal motivo da demora na construção das casas foi a chuva.

"Pensei que não iam sair as casas, mas está saindo. Os materiais são entregues conforme a gente vai usando e vai acabando. O que prejudicou o andamento das obras foi a chuva mesmo”. A moradora mostrou estar animada com a nova casa. “De pouquinho em pouquinho a gente vai construindo tudo”, finalizou.

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio de sua assessoria, informou que não há falta de materiais e que disponibiliza engenheiros e arquitetos para a realização das obras. Ainda segundo a fonte oficial, o trabalho está sendo feito todos os dias da semana, incluindo sábados e domingos, e a previsão é de que no sábado (9), ao menos uma casa esteja pronta no Vespasiano Martins.

Segundo Mariana, o que atrapalhou o andamento das obras foi a chuva (Foto: Fernando Antunes)Segundo Mariana, o que atrapalhou o andamento das obras foi a chuva (Foto: Fernando Antunes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions