A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

29/11/2016 17:07

Com poucos materiais, moradores vão recomeçar ações em escolinha de favela

Christiane Reis
A tarde foi de limpeza no local onde moradores oferecem reforço escolar para crianças. (Foto: Direto das Ruas)A tarde foi de limpeza no local onde moradores oferecem reforço escolar para crianças. (Foto: Direto das Ruas)

“Perdemos muitas coisas, mas mesmo assim vamos recomeçar amanhã”, diz Edileuza Luiz, 38 anos, uma das moradoras do Jardim Canguru, onde funciona a Escolinha Filhos da Misericórdia, que ficou completamente alagada na manhã desta terça-feira (29), durante chuva que atingiu Campo Grande.

Os livros e demais materiais disponíveis ficaram molhados e sujos de lama. O local oferece reforço escolar para 65 crianças, com idades de 4 a 10 anos. Três adolescentes de 15 anos também participam do grupo.

“Estamos limpando tudo para recomeçar amanhã, mas a situação ficou bem difícil”, disse a também moradora Luiz Portuete, sobrinha de Edileuza e que a ajuda no cuidado com as crianças. Elas pedem doações de livros e materiais escolares, além de caminhão de aterro e algumas telhas.

Histórico – No Jardim Canguru vive parte das famílias que foram transferidas da favela Cidade de Deus. A escolinha foi construída por meio de mutirão e funciona de forma improvisada nos fundos da casa de Edileuza, única que já tem casa construída.

"Eu terminei com a ajuda da minhã mãe. Ela comprou as telhas para mim, eu terminei e entrei pra dentro", destacou Edileuza Luiz. Ela conta que o local funciona das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas.

Além do dano material, Edileuza lamenta pela perda emocional que o local carrega. As crianças montaram recentemente a Árvore de Natal, que ficou destruída.

"Nossa Árvore de Natal que montamos com tanto amor. É muito triste e muito doroso você viver assim. Agora é esperar a chuva parar colocar tudo para secar e seguir em frente". lamentou. O local é mantido com ajuda de voluntários. 

Interessados em ajudar a recuperar o espaço podem ligar para o número (67) 99322-0600 e falar com a Edileuza.

Motorista bate em carreta e Voyage e é preso por dirigir alcoolizado
Motorista de 31 anos foi preso por embriaguez na manhã deste domingo (19) após se envolver em um acidente com uma carreta e um Volkswagen Voyage na B...
Assaltante é preso após dar tiro para cima durante roubo a adolescentes
Um homem de 32 anos foi preso na noite deste sábado (19) após render e roubar três adolescentes no Jardim Leblon, em Campo Grande. Durante o crime, o...
Embrigada, motorista joga rádio de guardas no chão e acaba presa
Uma condutora, identificada como Josilene Rodrigues Davila, teve que ser contida por policiais militares após ser flagrada em estado de embriaguez, a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions