A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

25/05/2018 17:23

Com racionamento de combustível, voo de Campo Grande para Brasília é cancelado

Voo que estava previsto para chegar em Campo Grande, vindo da Capital Federal, também foi cancelado, ambos da mesma companhia aérea

Liniker Ribeiro
Passageiros procurando por informações sobre cancelamento de voo cancelado (Foto: Liniker Ribeiro) Passageiros procurando por informações sobre cancelamento de voo cancelado (Foto: Liniker Ribeiro)

Pelo menos dois voos foram cancelados, na tarde desta sexta-feira (25), no Aeroporto Internacional de Campo Grande, ambos da companhia aérea Latam e que tinham Brasília (DF) como destino ou ponto de partida. A medida foi necessária, de acordo com a assessoria de imprensa da empresa, devido à dificuldade de abastecimento por conta da greve dos caminhoneiros.

Passageiros que embarcariam rumo a Capital Federal, às 20h30, começaram a ser notificados pela empresa no início da tarde. A mensagem enviada aos clientes, por e-mail, alertava para a necessidade de remarcar o voo, devido ao cancelamento. No saguão do aeroporto, a movimentação principal desta tarde foi de passageiros em busca de informação.

"Estou na cidade desde quarta-feira e, na vinda, passei por Guarulhos e lá eu já tinha presenciado alguns voos sendo cancelados. Tomara que isso não aconteça comigo hoje", relatou a administradora Taísa de Oliveira, de 38 anos, antes de saber do cancelamento. "Se realmente cancelar não tenho nenhuma outra alternativa para voltar para casa. Esse é o único voo do dia para Brasília", completou.

Mensagem enviada pela companhia aérea para passageiros (Foto: Liniker Ribeiro)Mensagem enviada pela companhia aérea para passageiros (Foto: Liniker Ribeiro)
Anúncio no painel do aeroporto indicando cancelamento do voo para Brasília (Foto: Liniker Ribeiro) Anúncio no painel do aeroporto indicando cancelamento do voo para Brasília (Foto: Liniker Ribeiro)

Quem também vai precisar atrasar o retorno para casa é a contadora Hellen Azevedo, de 43 anos, que está em Campo Grande a trabalho, na companhia de outras duas pessoas. "É triste porque vim a trabalho e não vejo a hora de voltar para casa. Não estamos conseguindo remarcar pela internet. Liguei aqui e pediram para vir pessoalmente”, revelou a passageira que recebeu o e-mail da companhia sobre o cancelamento.

O aposentado Pedro Tadeu Viana, de 59 anos, também não é da cidade, veio a negócios, e precisa voltar para Brasilia, onde tem compromisso na próxima segunda-feira. "É ruim porque você se programa, marca compromissos e chega na hora o voo cancela, você não consegue voltar", afirmou. Apesar disso, o passageiro afirma compreender a situação. "A gente sabe que não é culpa da companhia, mas acaba gerando transtornos para todo mundo", completou.

Ao menos 45 voos foram cancelados pela Latam, no país. Para Campo Grande, o voo 3591, que vinha de Brasília e estava previsto para chegar às 19h45, também foi cancelado.

De acordo com a empresa, os passageiros dos voos cancelados estão recebendo toda a assistência necessária. Além disso, para minimizar impactos, os passageiros com partidas, chegadas ou conexões domésticas programadas para hoje nos aeroportos de Brasília, Confins, Goiânia, Maceió e Uberlândia podem alterar seus voos sem a cobrança de taxa de remarcação e das diferenças tarifárias da passagem para nova data, sem multas, de acordo com a disponibilidade.

A companhia também se comprometeu a flexibilizar suas regras até que a situação seja normalizada. Os passageiros podem entrar em contato pelo telefone 4002-5700, nas capitais, ou 0300-570- 5700 nas demais localidades do Brasil. ou procurar uma loja da companhia.

Fim do estoque - No fim da manhã de hoje, estimativas das distribuidoras Shell e Petrobras já indicavam o baixo estoque de querosene, no aeroporto da Capital. De acordo com informações apuradas pelo Campo Grande News, o estoque deveria durar até às 22h, dependendo do movimento.

As empresas afirmam que, desde ontem, as aeronaves estão sendo abastecidas com mais combustível que o normal para evitar problemas com a falta do insumo em outras cidades brasileiras, como em Brasília. Isso reduziu os níveis do produto na Capital, que em situações normais daria para atender as companhias aéreas até sábado

Carregamentos de combustíveis não conseguem chegar ao município devido a greve dos caminhoneiros contra os aumentos no diesel, realizada em diversos pontos de bloqueio por estradas do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions