ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  28    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Condenados por morte de vereador vão ficar mais 6 anos presos

Por Elverson Cardozo e Nadyenka Castro | 24/02/2012 20:37
Irineu e Valdemir vão cumprir apenas dois quintos da pena. (Foto: João Garrigó)
Irineu e Valdemir vão cumprir apenas dois quintos da pena. (Foto: João Garrigó)

Réu confesso pela execução do presidente da Câmara Municipal de Alcinópolis, Irineu Maciel foi condenado há 19 anos de prisão. Já o comparsa e contratante do assassinato, Valdemir Vassan, foi condenado a 18 anos. Apesar da sentença, Irineu e Valdemir vão cumprir apenas dois quintos da pena e, por isso, devem permanecer presos por cerca de 6 anos.

Com o cumprimento de um quinto da pena, Irineu Maciel ficaria por 7 anos e 6 meses na prisão, mas como já cumpriu 1 ano e 4 meses antes do julgamento, permanecerá em regime fechado por 6 anos e 1 meses.

Da mesma maneira, Valdemir Vassan. Com o cumprimento da pena estipulada ele ficaria por 7 anos e 2 meses preso, mas como também já cumpriu um 1 ano e 4 meses, permanecerá por 5 anos e 8 meses em regime fechado.

Há também a possibilidade de regressão de regime, do fechado para o semi-aberto, por exemplo. Mas a medida depende do bom comportamento de Irineu e Valdemir.

Após a sentença, o advogado de defesa, José Roberto Rodrigues da Rosa, afirmou que vai entrar com recurso de apelação ao Tribunal de Justiça. O advogado pretende rediscutir a tese de menor participação de Valdemir no crime. A decisão relatou, não foi unânime por parte dos jurados.

Com a decisão dos jurados, é menor o risco dos vereadores e prefeitos apontados como mandantes serem absolvidos ou de o processo ser anulado. Porém, por várias vezes a acusação afirmou que se os réus fossem absolvidos pela qualificadora de mando, o processo contra vereadores e o prefeito poderia ser anulado.

O tribunal, por sua vez, tem três opções: Negar o recurso, reduzir a pena ou anular o julgamento realizado hoje.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário