A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/06/2016 14:40

Conselho Nacional de Saúde proíbe formação de enfermeiros a distância

Coren/MS avalia decisão como positiva, já que profissionais precisam ter contato com pacientes durante o curso

Leandro Abreu
Presidente do Coren/MS, Vanessa Pradebon, vê com satisfação a decisão do conselho nacional. (Foto: Divulgação/CorenMS)Presidente do Coren/MS, Vanessa Pradebon, vê com satisfação a decisão do conselho nacional. (Foto: Divulgação/CorenMS)

O CNS (Conselho Nacional de Saúde) aprovou nesta quinta-feira (2) a proibição de cursos de graduação e formação técnica de EaD (Ensino a Distância) na área de Saúde em todo o país. Os conselhos regionais e federal defendem que a formação de profissionais precisa ter o contato direto com o paciente, o que não ocorre nos cursos a distância.

O Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) e os conselhos regionais realizam durante o ano audiências públicas em todo o Brasil, promovendo discussão sobre a formação de profissionais de enfermagem a distância e os riscos à Saúde Coletiva. O Cofen atua, ainda, junto ao Ministério da Educação, Ministério da Saúde e ao Congresso Nacional, onde apoia o Projeto de Lei 2.891/2015, que proíbe a formação de profissionais de Enfermagem por EaD.

Para a presidente do Coren/MS, Vanessa Pradebon, a decisão é uma grande vitória. “Estamos todos nos manifestando contra a formação pelo processo todo de formação a distância, desde como ele se desenvolve, até os problemas com aulas práticas, estágios supervisionados. Tanto no nível médio, quanto superior, esse tipo de formação pode colocar em risco uma assistência de enfermagem de qualidade, por isso nos posicionamos contra e vemos com muita satisfação essa decisão”, afirmou a presidente.

Atualmente, conforme o Cofen, existem cerca de 60 mil estudantes de cursos EaD no país. A decisão do CNS não tem força de lei e sim de recomendação, mas conforme o Coren/MS, foi um grande passo e fortalece o projeto de lei 2.891/2015, do deputado Orlando Silva (PC do B-SP).

Prefeitura divulga lista de técnicos de enfermagem aprovados em seleção
A prefeitura de Campo Grande publicou hoje (8) resultado final da avaliação de títulos da seleção para contratação de técnicos de enfermagem, por tem...
Senai continua com inscrições abertas para 750 vagas em cursos a distância
Senai (Serviço de Aprendizagem Industrial) continua com inscrições abertas para preencher 750 vagas em cinco cursos técnicos de nível médio. O prazo ...
Senai oferece 750 vagas para cinco cursos técnicos a distância em MS
Interessados em uma das 750 vagas em cinco cursos técnicos de nível médio oferecidos pelo Senai (Serviço de Aprendizagem Industrial) tem até o próxim...


Fico feliz quando vejo aberrações como estas serem barradas, mesmo que com toda força do "lobby" que centenas de segmentos exercem em nosso país. Simplesmente é inaceitável que diversas áreas de formação ainda continuem sendo "ensinadas a distância".
Parabéns pela sábia, coerente e justíssima decisão tomada de proibir esta aberração que uma quantidade enorme de medíocres "faculdades" dizem propiciar, não só nesta área mas em diversas outras.

Claudinei Cruz
 
Claudinei Cruz em 02/06/2016 18:25:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions