A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/06/2012 20:48

Corpo de homem assassinado ontem com 5 tiros ainda não foi liberado

Nyelder Rodrigues

Alenilton, de 30 anos, foi morto em casa. O Imol aguarda que algum familiar vá reconhecer o corpo no local

O corpo de Alenilton Marcos Miranda da Costa, de 30 anos, morto com cinco tiros na noite de ontem (26), em Campo Grande, no bairro Coronel Antonino, continua no Imol (Instituto Médico Odontológico Legal).

Conforme o instituto, nenhum familiar ainda foi ao local para reconhecimento, sendo que o corpo está acondicionado na câmara fria do local. O prazo de espera do Imol é de cerca de 30 dias. Após o prazo, o corpo é encaminhado para sepultamento.

Alenilton foi atingido e morreu na casa onde morava com a esposa, Dilma Gonçalves da Silva, de 43 anos, e uma criança, na rua Nacional. Ele tinha três mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas e furto qualificado, todos cometidos no estado de Goiás.

Por volta das 22h40 de ontem, ele chegou ao local conduzindo um veículo Uno de cor prata. Foi Dilma quem abriu o portão para ele guardar o carro. Logo depois, segundo a Polícia, vizinhos ouviram uma discussão e vários tiros.

Em seguida, Dilma, a criança e um homem foram vistos saindo da casa no mesmo Uno que Alenilton chegou. Na tentativa de ir embora rápido, o condutor chegou a raspar a lataria do carro no portão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions