A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

11/07/2018 08:04

Cresce recuperação de veículos pela Guarda, mas muitos são "esquecidos"

Quem teve carro ou moto roubado pode verificar se ele já foi encontrado. Os veículos são encaminhado ao pátio da Defurv.

Anahi Gurgel
Veículo recuperado pela Guarda Municipal em Campo Grande, em 2018. Em seis meses, foram 53 motos e carros resgatados. (Foto: Divulgação/Guarda Municipal)Veículo recuperado pela Guarda Municipal em Campo Grande, em 2018. Em seis meses, foram 53 motos e carros resgatados. (Foto: Divulgação/Guarda Municipal)

Entre janeiro e junho de 2018, a Guarda Civil de Campo Grande recuperou 53 veículos que foram roubados ou furtados em Campo Grande - um número maior que em todos os anos anteriores. Para se se ter uma ideia, em todo o ano de 2017, a corporação encontrou 69 motos e carros. E detalhe: muitos continuam “esquecidos” pelos proprietários.

Os números foram repassados ao Campo Grande News pelo superintendente do Comando da Guarda Municipal, Anderson Gonzaga da Silva Assis. Somente em junho deste ano, foram encontrados 22 veículos que foram “alvos de bandidagem”. Em 2017, foram 35 recuperações ao longo de seis meses.

“Podemos atribuir esse salto à vários fatores, como crescimento dos delitos, mas também às ações cada vez mais efetivas da Guarda Municipal, por meio de rondas. Outro ponto importante é a divulgação das informações na internet, em grupos de bate papo, em redes sociais, com fotos e placas de carros, que contribuem muito com o trabalho das polícias”, destaca.

Superintendente da Guarda Municipal, Anderson Gonzaga, durante entrevista para o Campo Grande News, no dia 2. (Foto: Paulo Francis)Superintendente da Guarda Municipal, Anderson Gonzaga, durante entrevista para o Campo Grande News, no dia 2. (Foto: Paulo Francis)

Das sete regiões de Campo Grande, a mais visada pelos bandidos é a central, especialmente no quadrante da Santa Casa, que envolve as ruas Rui Barbosa, Eduardo Santos Pereira, 13 de Maio e a Avenida Mato Grosso.

“Os criminosos abusam de quem deixa os carros nessa área para visitar pacientes internados no hospital, por exemplo. Muita gente não tem condições de pagar um estacionamento e bandido percebe”, afirma.

A ação acontece nas setes regiões, com rondas realizadas por aproximadamente oitenta homens, diariamente, no entorno dos cerca de 400 prédios públicos do município, como escolas, unidades de saúde e secretarias.

“A atividade primária envolve o atendimento à população, prioritariamente, quando há acionamento das polícias. Acontece muito de recebermos um chamado que envolve outro crime, descobrir que um veículo envolvido é furtado”, lembra o superintendente.

Um exemplo? Uma mulher que estava de moto carregando uma criança sem capacete foi abordada e os agentes descobriram que o veículo era furtado, lembra.

Veículo que foi recuperado na Capital, pela Guarda Municipal. orientação é que proprietários procurem, no pátio da Defurv. (Foto: Divulgação/Guarda Municipal)Veículo que foi recuperado na Capital, pela Guarda Municipal. orientação é que proprietários procurem, no pátio da Defurv. (Foto: Divulgação/Guarda Municipal)

Os veículos recuperados são encaminhados ao pátio da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), localizada na Avenida Senador Filinto Muller, 1590 - Jardim Monte Alegre.

"Muita gente acredita que o carro ou moto jamais será encontrada e acaba nem procurando. São dezenas de unidades esquecidas", alerta.

“Bandido que atua no centro é diferente do bandido que age nos bairros, onde eles conhecem a rotina dos moradores e comerciantes. No centro, eles agem mais de acordo com a oportunidade", destaca Gonzaga. 

E a internet? Tem contribuído de forma significativa para a recuperação de veículos, a difusão de informações em redes sociais. "Basta um carro ser levado para que o proprietário poste em grupos de amigos e a informação vai sendo repassada, até que um dos guardas, por ventura, faça parte dessa rede e se atenta para aquelas características do alvo da bandidagem", detalha. 

Números - Em 2017, a Guarda Municipal atendeu a 823 crimes, enquadrados em 40 tipicações, e um total de 921 pessoas detidas. Foram, entre janeiro e dezembro, 5.021 suspeitos abordados. A corporação realizou 139.309 rondas preventivas e 699 boletins de ocorrencia.

Abaixo, segue galeria com veículos recuperados em Campo Grande neste ano. Imagens da assessoria de comunicação da Guarda Municipal. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions