A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/03/2013 11:58

Criação da CPI da Saúde gera confusão na Câmara dos Vereadores

Mariana Lopes e Luciana Brazil

A sessão desta quinta-feira (21), na Câmara dos Vereadores, teve confusão e bate boca entre os parlamentares da base do prefeito, Alcides Bernal (PP), e vereadores da oposição. A polêmica se deu por causa da apresentação do requerimento  de criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar denúncias de desvios na aplicação dos recursos públicos da Saúde. O documento foi elaborado pela vereadora Luiza Ribeiro (PPS) e pelo vereador José Orcírio, o Zeca do PT. 

Para a CPI ser criada, o requerimento precisa ter, no mínimo, a assinatura de 10 vereadores. Porém, até o momento, apenas 7 deles assinaram, sendo todos da base aliada ao prefeito, exceto o vereador Paulo Pedra (PDT), que é da oposição.

O líder do prefeito, Marcos Alex (PT), se recusou a assinar o documento, alegando que precisava analisar melhor a necessidade da CPI. O vereador imediatamente foi remendado pelo colega Zeca do PT, que o criticou principalmente pelo cargo que ele ocupa.

Segundo a vereadora Luiza, a CPI foi solicitada pelo Conselho Curador da Fundação Carmen Prudente, Hospital do Câncer. “A Câmara tem responsabilidade pela aplicação dos recursos públicos”, defendeu a parlamentar.

O pedido veio ontem, após o escândalo envolvendo diretores do Hospital do Câncer, do Hospital Universitário e da Santa Casa, que são acusados de desvio de diversos recursos públicos, envolvendo inclusive a participação da clínica particular Neorad, pertencente a Adalberto Abrão Siufi, que chegou a ser preso.

Eles são acusados de superfaturar a cobrança dos serviços em até 70% acima da tabela prevista pelo SUS, pagar por tratamento de paciente morto, remunerar parentes na direção com altos salários e contratar as próprias empresas para a prestação dos serviços.

Para a oposição, a CPI servirá apenas para desviar a atenção da incompetência do prefeito, Alcides Bernal (PP), em administrar a cidade. “Eu não vou assinar o requerimento porque isso vai ser bandeira política”, justificou o vereador Elizeu Dionízio (PSL).

Segundo o parlamentar, dos 79 requerimentos solicitados na Prefeitura, apenas 15 foram respondidos. “Nós vamos pedir e documentos e a comissão não terá todos os documentos e a Polícia Federal vai concluir o inquérito antes da conclusão da CPI, ou seja, não vai resolver nada”, prevê Elizeu.

Já assinaram o requerimento os vereadores Cazuza (PP), Chocolate (PP), Eduardo Romero (PTdoB), Zeca do PT, Paulo Pedra, Alceu Bueno (PSL), além da vereadora Luiza.

A esperança da base aliada era de conseguir as assinaturas dos vereadores Gilmar da Cruz (PRB), Ayrton Araújo (PT) e Chiquinho Telles (PSD), que na última hora desistiu de assinar. “A carroça está passando na frente dos bois”, justificou Chiquinho.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


santa palhaçada essa CPI não servirá para nada ou apenas para investigar o governo do próprio Bernal, o outro Prefeito já não tem mais mandato seus atos agora será julgado pelo TC, quando o Bernal assumiu deveria ter feito esse levantamento, não fez, incompetência pura.
 
milton romanini em 21/03/2013 12:51:05
SE OS VEREADORES NÃO ASSINAR,
NÃO TEM IMPORTÂNCIA.
MAS NÓS A POPULAÇÃO,
VAMOS FAZER UM ABAIXO ASSINADO,
E CONSEGUIR ESTA CPI.
CHEGA DE ROUBO,
A SAÚDE DO POVO NÃO MERECE ISTO.
 
fabio de melo em 21/03/2013 12:40:14
VAMOS DEIXAR A ´INCOMPETÊNCIA´ DO NOSSO PREFEITO DE LADO E VAMOS VER SE NOSSOS VEREADORES SÃO COMPETENTES E ASSINAR LOGO ESTA CPI, PARA PROVAR PARA A POPULAÇÃO DE CAMPO GRANDE A VERDADE E O MERECIMENTO DO NOSSO VOTO.
 
fabio de melo em 21/03/2013 12:36:01
Nessa disputa entre executivo e legislativo municipal, o único derrotado é o povo de Campo Grande, que confiou em ambos e está sendo deixado em ultimo plano, cada um defendendo interesses próprios e de seus partidos. Eu estou com vergonha.
 
CESAR M. CASTRO em 21/03/2013 12:23:28
Sempre admirei o trabalho da atual vereadora Luíza Ribeiro. Em todos os cargos e instituições públicas pelo qual passou sempre deixou seu traço de competência e compromisso. Parabéns, já vem mostrando a que veio nesse primeiro mandato. Serve de exemplo aos seus colegas da câmara.
 
Pedro Alves Netto em 21/03/2013 12:13:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions