A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/09/2015 16:50

Defesa Civil faz força-tarefa para limpar cidade e contabiliza prejuízos

Michel Faustino e Renata Volpe Haddad
Vento derrubou árvore de grande porte em frente ao Horto Florestal. (Foto: Gerson Walber)Vento derrubou árvore de grande porte em frente ao Horto Florestal. (Foto: Gerson Walber)
Árvore arrastou outras menores e derrubou um poste. (Foto: Gerson Walber)Árvore arrastou outras menores e derrubou um poste. (Foto: Gerson Walber)

A Defesa Civil municipal iniciou uma força-tarefa para auxiliar nos reparos dos locais atingidos pela chuva, que caiu em Campo Grande neste sábado (26). Conforme o órgão, os prejuízos ainda estão sendo contabilizados e o serviço deve durar todo o fim de semana.

Além do efetivo da Defesa Civil, servidores da Semadur ( Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e militares do Corpo de Bombeiros estão atuando no corte de árvores e recolhimento de galhos e sujeira espalhados nas ruas.

De acordo com o balanço preliminar, a região Sul da cidade foi a mais atingida pela chuva e pelos ventos de mais de 40 quilômetros por hora. Nessa região, em menos de quatro horas foi registrado volume de 48 mm de água, volume considerado alto.

No Rita Vieira o vento destelhou casas e quebrou vidro de carros. Na Vila Cidade Morena três casas foram atingidas pela queda de um muro e uma estrutura metálica. Houve também árvore que derrubou poste no Betaville e interrompeu a energia elétrica de alguns moradores.

O vento forte também foi responsável por derrubar uma árvore de grande porte na Rua Francisco Cândido Xavier, em frente ao Sesc Horto. Com a queda, duas árvores menores e um poste de luz foram arrastados.

Na Rua Ari Coelho de Oliveira, na Vila Progresso, uma árvore também caiu durante a manhã e obstruiu as garagens de duas residências.

O temporal da madrugada também derrubou a estrutura de uma padaria e conveniência na Avenida Florestal, no Bairro Coophatrabalho, na saída para Rochedo.

No bairro Santa Felicidade, a forte rajada de vento derrubou a estrutura de um galpão onde funciona uma oficina na Rua Elias Lahdo. Muro e telhado do prédio caíram sobre um carro que estava estacionado na varanda de uma das casas do conjunto que fica ao lado.

No Santa Felicidade, o vento derrubou o telhado e o muro de um galpão. (Foto: Gerson Walber)No Santa Felicidade, o vento derrubou o telhado e o muro de um galpão. (Foto: Gerson Walber)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions