A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/08/2011 09:55

Delegado encerra caso e pede prisão preventiva de enfermeiro e cunhado de Marielly

Francisco Júnior

Delegado encerrou o inquérito do caso ontem

O delegado da DEH (Delegacia de Homicídios), Fabiano Nagata, responsável por investigar a morte de Marielly Barbosa Rodrigues, de 19 anos, pediu a prisão preventiva do cunhado da jovem, Hugleice da Silva, de 27 anos, e do enfermeiro Jodimar Ximenez, de 40 anos.

O prazo da prisão temporária dos acusados, que tem validade por de 30 dias, terminaria no próximo dia 12. O delegado encerrou o inquérito sobre o caso ontem (03) e indiciou os dois por aborto e ocultação de cadáver. Jodimar está preso na delegacia de Sidrolândia desde o dia 13 de julho. Já Hugleice se apresentou à polícia um dia depois do enfermeiro e permanece preso na carceragem da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), em Campo Grande.

Hugleice confessou que tinha um caso com Marielly e que o filho que a jovem esperava era dele. Conforme as investigações, o cunhado pagou R$ 500 a Jodimar para fazer o aborto na jovem, que morreu em decorrência do procedimento. O corpo dela foi encontrado no dia 11 de junho deste ano, em um canavial próximo de Sidrolândia. A perícia confirmou que ela morreu na data do registro do seu desaparecimento, dia 21 de maio.

Ontem, o delegado acompanhado de peritos do Imol (Instituto Médico Odontológico Legal) esteve na casa de Jodimar, onde foi feito o aborto na jovem. Segundo Nagata, foram mais de 4 horas de trabalho e dezenas de material colhido. “Nós focamos a perícia em dois quartos da casa”, afirmou o delegado.



DESDE O COMEÇO ACOMPANHO ESSE CASO Q O JODIMAR FEZ O ABORTO ISSO E FATO E CONTRA FATOS NAO HA ARGUMENTOS, MAS DAIO HUGLEICE TER UM CASO COM A MARIELLY E ESSE FILHO SER DELE ESSA PARTE NAO CONCORDO PRA MIM TEM GENTE GRANDE ENVOLVIDA AI O HUGLEICE ESTA PEGANDO ESSA RESPONDABILIDADE PRA ELE LOGICO COM ALGUMA VERBA NE PQ BOBO ELE NAO E ISSO JA DEU PRA PERCEBER ENTÃO DELEGADO NAGATA INVESTIGUE MAIS A FUNDO AINDA FALTA ESSA PEÇA IMPORTANTE QUEM E O PAI DO FILHO DELA? E COMO A ESPOSA N IRIA SABER SE ELE ESTIVESSE TENDO UM CASO COM A PROPRIA IRMÃ? SE ELE ERA AMANTE DELA COMO Q ACEITOU OUTRO NAMORADO? AMANTES NUNCA ACEITAM OUTROS(AS) NA PARADA E A MAE DA MARIELLY ESSA E OUTRA SAFADA PQ ELA SIM DEVE SABER E MTO E TO PRA AFIRMAR Q TB E RESPONSABEL AGORA PQ N FAZ NADA DA VIDA MENTIU SOBRE O GENRO? POR AI DA PRA SUSPEITAR ....OBRA O OLHO NAGATA ABRE PQ AI TEM
 
LARISSA RENATA em 04/08/2011 12:01:00
Parabéns Nagata! agora se fez justiça a maior vítima desse caso que foi 'filho' (ou feto, como queiram) que a Marielly esperava. A legislação vigente é clara, aborto é crime e deve ser tratado como tal. Se a maioria discorda (o que duvido muito) que façam um plebiscito para decidir oras.
A jovem Marielly, INFELIZMENTE, teve que pagar com a vida pelas duas besteiras que fez, primeiro deixar se envolver pelo cunhado(um canalha, safado e covarde) e depois abortar (uma tolice imensurável).Agora é a vez da justiça. A sociedade cobrará .
 
Wilian Silva em 04/08/2011 12:00:36
ate que enfim.E o advogado do jodimar onde ficou com a cara? ja que quando ele foi presso ele disse que era perseguiçao só porque seu cliente era homosexual.
quem deveria arcar com todas as despesas que a policia teve seria os familiares da marielly ja que todos sabiam da verdade, e esconderam o tempo todo.
ainda tiveram coragem de ir para as ruas pedir para que a populaçao darem informaçoes,ate com camisetas,esse e o povo campograndense.
 
maria lucia em 04/08/2011 11:43:15
que comentário ridiculo hein larissa renata. (AMANTES NUNCA ACEITAM OUTROS(AS) NA PARADA) vc deve ser amante de alguém né para estar dizendo uma bobagem dessas.... affff cada um q aparece.....

vai la vc e investiga no lugar do delegado
 
carlos alberto ribeiro da mata em 04/08/2011 01:14:43
um bom advogado criminalista arguiria, melhor dizendo faria a defesa do enfermeiro "em cima " do inquérito policial que está cheio de falhas e principalmente brechas para isso, senão vejamos: não fazer exame nas macas por ser desnecessário,cabeça de Marielly estar na mão, pode ser natureza ou animais,óras, e o fato do cabelo estar arrumado, como poderia o animal ou vento não desarruma-lo?Esses são dois pontos entre outras tantas coisas que se pode observar das respostas do Senhor Delegado a Imprensa. Sobre o "provável" feto, cujo exame de DNA também o Sr Delegado considerou desnecessário e por aí vai. A mim me parece que a defesa do Sr. Enfermeiro é bem mais fácil do que a de Ugleice, mesmo porque, derepente nem mesmo aborto a menina deve ter feito, será? Esse ponto é muito muito importante para se provar se o enfermeiro praticou o crime de aborto. Muiiiiitas falhas.
 
elisa martins em 04/08/2011 01:07:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions