A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/11/2012 11:29

Desabitado, castelo do Papai Noel vira refúgio de abelhas

Paula Maciulevicius
Bombeiros fizeram vistoria e o extermínio será feito nesta noite. (Foto: Simão Nogueira)Bombeiros fizeram vistoria e o extermínio será feito nesta noite. (Foto: Simão Nogueira)

As abelhas aproveitaram a deixa de que o castelo na Cidade do Natal ainda não recebeu o bom velhinho, para fazer moradia em uma das torres. Hoje os bombeiros foram acionados para fazer o extermínio de uma colmeia de abelhas da espécie Europa. Elas parecem gostar mesmo do espírito natalino, porque segundo os bombeiros, não é a primeira vez que Papai Noel tem a casa tomada pelos insetos.

O funcionário José Carlos Moraes Dinis, 32 anos, responsável por desmanchar a exposição Mundo Jurássico que até o início do mês estava na Cidade do Natal que percebeu a presença delas. Um tanto quanto indesejada para quem precisa agilizar o serviço.

“De sábado para cá elas vem rodeando, voando. Mas não tinha sentado ainda, ontem elas assentaram. E você sabe que se atacar, Deus me livre. E se a gente mata uma, vem todas em cima”, disse.

As abelhas já estão em quantidade suficiente para atacar e matar pessoas alérgicas. (Foto: Simão Nogueira)As abelhas já estão em quantidade suficiente para atacar e matar pessoas alérgicas. (Foto: Simão Nogueira)

O sargento do Corpo de Bombeiros, Gilberto dos Santos da Silva, explica que pela manhã eles fazem a vistoria do local, para ver a posição da colmeia e quantas abelhas são. Elas estão em parte da torre esquerda e numa quantidade já suficiente para matar quem for alérgico.

“A gente retorna a noite para o extermínio, que elas não se alvoroçam, não sai para atacar”, completa. As formas de exterminar vão desde por fogo, usar sabão e água e inseticida.

Mas como a casa do Papai Noel é de madeirite, fogo está fora de cogitação. Depois de quase não ter casa montada aqui, o bom velhinho não ia ver nada de natalino em ver o castelo em chamas. Os bombeiros acreditam que possam conter com sabão e água e até mesmo os inseticidas.

“Elas gostam daqui por causa da madeira, é o estilo da casa deles”, diz o cabo Darcy Antônio Ramos que vem pela segunda vez.

O extermínio está agendado para hoje a noite. Até porque logo mais o castelo como um todo passará por reforma para receber a decoração natalina.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions