ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Desde 6ª, 1964 motoristas foram multados nas vias federais de MS

Nadyenka Castro | 21/02/2012 12:49

O número se refere a multas aplicadas até o início da manhã desta terça-feira. Nas rodovias estaduais, foram 160

Fiscalização da PRF inclui radares móveis e fixos. (Foto: Francisco Júnior)
Fiscalização da PRF inclui radares móveis e fixos. (Foto: Francisco Júnior)

De sexta-feira (17) até o início da manhã desta terça-feira, 1964 motoristas foram multados nas rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul. No mesmo período foram expedidas 160 multas nas vias estaduais.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), as multas são por excesso de velocidade e ultrapassagem em local indevido.

O número é alto porque os policiais utilizam radares móveis, que, de acordo com recente resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), não precisam mais ser sinalizados.

A estatística parcial da PRF sobre a Operação Carnaval também aponta que nestes quatro dias foram registrados 49 acidentes, que resultaram em 29 feridos e uma morte, e 22 pessoas presas por dirigir sob efeito de álcool.

No lançamento da fiscalização de Carnaval, PRE usou crianças para conscientizar motoristas. (Foto: Paula Vitorino)
No lançamento da fiscalização de Carnaval, PRE usou crianças para conscientizar motoristas. (Foto: Paula Vitorino)

O único acidente fatal nos 3,4 mil quilômetros de vias federais - até a manhã desta terça-feira - aconteceu na BR-163, em Douradina, a 196 quilômetros de Campo Grande. André Ricardo Simplício, de 32 anos, conduzia um Fiat Uno que aquaplanou e bateu em uma carreta.

Vias estaduais - Conforme dados da PRE (Polícia Rodoviária Estadual), além da aplicação de multas, até a noite dessa segunda-feira foram registrados 27 acidentes com 21 vítimas, sendo 12 com ferimentos leves, quatro graves e cinco mortes no local das ocorrências. Há ainda duas vítimas que morreram no hospital.

A quantidade parcial de acidentes é maior do que a registrada em toda a operação de 2011. No ano passado foram 20 acidentes e o mesmo número de vítimas, sendo 15 leves, três graves e duas mortes.

Nos siga no Google Notícias